[SWD] Magic Sword: Ethan (capítulo 6)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Magic Sword. Espero que gostem! :)

Ethan (História Principal) – Capítulo 6

Você: A espada de Ethan foi finalmente reparada, e nós mais uma vez começamos nossa jornada.
Ray: Essa floresta parece profunda.
Estel: Essa é a Floresta Yuguna. Eu ouvi que há muitos ladrões nessa área.
Você: Nós teremos que tomar muito cuidado.
Estel: Eu vou proteger você, Lily.
Você: Obrigada, Estel.
Ray: Nós estamos falando sobre Lily aqui, no entanto. Eu aposto que a tolice dela fará com que ela seja capturada.
Você: Você realmente acha que eu sou estúpida!?
Ray: Eu me pergunto?
Estel: Mesmo se você for capturada, eu vou salvar você.
Você: Mas eu estou dizendo a vocês, eu não vou ser capturada!
Você: Enquanto nós discutimos, Ethan observou, rindo suavemente.
Ethan: Eu vou destruir o inimigo antes que você possa ser capturada.
Você: Espere! Você também...? Soa como se você já decidiu com antecedência que eu vou estragar as coisas.
Ethan: Não é isso. Não importa o que aconteça, eu vou cortar nosso inimigo.
Você: A voz de Ethan estava cheia de confiança.
Ray: Esqueçam sobre ladrões, essas nuvens é o que parece mais ameaçador.
Ethan: Você está certo. Parece chuva.
Você: Como você sabe?
Ethan: Eu viajei muito, e eu aprendi muito sobre a natureza.
Ray: Eu gostaria de sair dessa floresta o mais cedo possível. Ei, Estel, você não pode usar seus poderes élficos pra parar a chuva?
Estel: Elfos não têm esse tipo de poder.
Ray: Como eu disse, inútil.
Estel: Bem então, Ray, que tal você usar alguma magia pra parar a chuva?
Ray: Eu não posso fazer isso.
Estel: Então não zombe de mim.
Ray: Eu só tava brincando. Não se leve tão a sério.
Estel: Não soou como se você estivesse brincando.
Você: (Oh, não. Eles estão brigando de novo. Mas eu acho que isso não é tão ruim. Recentemente, eu aprendi a entender se suas brigas são sérias ou não.)
Você: Eu entendo que dessa vez, eles não estão sérios.
Você: (Eu na verdade acho que quando eles brigam assim, eles estão tranquilos.)
Você: Enquanto eu ouvia os dois discutindo atrás de mim, eu ri para mim mesma.
Ethan: ...
Você: Ethan, espere. Você está indo muito rápido.
Ethan: ...
Você: (Ele está pensando muito em alguma coisa? Ou ele só não está me escutando?)
Você: Eu corri levemente atrás de Ethan.
Você: Ethan!
Ethan: Huh? O... oh. Qual é o problema?
Você: Você está andando um pouco rápido.
Ethan: Oh, eu estava? Desculpe. Eu estava pensando em algo.
Você: É raro você estar tão perdido em pensamentos.
Ethan: Eu suponho que sim...
Você: Eu não me importo, mas Ray e Estel estão brigando novamente...
Você: Quando eu disse isso, eu olhei ao redor, mas as duas figuras discutindo tinham desaparecido no ar.
Você: Huh? Eles não estão lá...
Ethan: Para onde eles foram?
Você: Eu acabei de ouvi-los discutindo, então eles não devem estar longe.
Ethan: É porque eles discutem enquanto andam. Esses dois são apenas problemas...
Você: Nós temos que procurar por eles.
Ethan: Não, se nós formos procurar por eles agora, há uma boa chance que ficaremos perdidos.
Você: Mas...
Você: Bem quando eu falei, uma grande gota de água aterrissou em minha bochecha.
Você: O quê?
Você: Quando eu olhei para cima, os céus acima de nós abriram, e nós fomos atingidos com um dilúvio.
Ethan: Isso não é bom. A chuva vai obscurecer nossa linha de visão. Se nós formos atacados agora, será difícil nos defendermos. É melhor nós procuramos um abrigo da chuva.
Você: Mas quais são nossas chances de encontrar abrigo por aqui... Oh! Ethan, olhe ali!
Você: Eu apontei na direção de uma grande árvore. O tronco da árvore tinha se partido, criando uma pequena abertura.
Ethan: Certo, nós iremos descansar lá por um tempo.
Você: Com Ethan na frente, nós corremos na direção da abertura no tronco da árvore.
Ethan: É menor do que parece.
Você: Eu acho que nós dois podemos nos espremer pra dentro...
Ethan: Você entra.
Você: Huh? Mas e você?
Ethan: Eu vou procurar por outro lugar. E de qualquer forma, se piorar, uma pequena chuva não vai me machucar.
-Não seja bobo
-Nós devemos ficar juntos
Aqui você pode decidir como responder. A resposta “Nós devemos ficar juntos” dá pontos de romance com o Ethan.
Você: Ethan, espere! Estel disse que há muitos ladrões por aqui, então eu acho que nós devemos ficar juntos.
Ethan: Você está certa... Eu não posso deixar você sozinha para encarar perigo.
Você: Se nós estamos juntos, você pode me proteger do perigo.
Ethan: Sim, você está certa.
Você: Depois de pensar nisso por um momento, Ethan lentamente entrou na abertura. Ele então estendeu ambas as mãos na minha direção.
Ethan: Venha cá, Lily.
Você: H... huh? Q... quê?
Ethan: Se eu abraçar você, nós dois devemos caber.
Você: Oh, entendo. Se esse é o caso... ...
Ethan: ...
Você: V... você disse me abraçar...
Ethan: Não se preocupe. Eu não tenho planos em você. É apenas um abraço. E estando tão perto juntos também vai nos proteger no frio.
Você: (Perto juntos... Perto de Ethan...)
Você: Apenas pensar nisso me fez corar.
Você: (Se controle. O que você está pensando!? Nós estamos apenas tomando abrigo da chuva!)
Você: Depois de me acalmar, eu levantei o olhar para Ethan.
Você: Eu gostaria de evitar me molhar mais, então eu acho que não há como ajudar.
Ethan: Eu estou feliz que você entende.
Você: Quando Ethan acenou para mim, eu entrei na abertura.
Ethan: Você está bem?
Você: S... sim. Eu acho que sim.
Ethan: Desse jeito, nós não ficaremos molhados.
Você: Sim...
Você: (Mas Ethan estava perto demais, e eu me senti nervosa.)
Ethan: Você está muito apertada?
Você: Bem, um pouco... Mas está tudo bem.
Ethan: Bem, está tudo bem então.
Você: (Eu estava apenas imaginando? A voz de Ethan soou um pouco mais aguda que o normal.)
Ethan: Eu me pergunto quando a chuva vai parar?
Você: ... Eu espero que não demore muito.
Ethan: Eu, também.
Você: E eu estou preocupada com Ray e Estel.
Ethan: Aqueles dois! Mesmo enquanto eles estão discutindo, eles serão capazes de encontrar abrigo.
Você: Eu espero que você esteja certo...
Você: Enquanto nós conversamos, eu repentinamente senti um arrepio correr por mim.
Você: Ah... Ah... Ahchoo! Eu acho que está um pouquinho frio.
Ethan: Você está bem? Aqui, pegue minha capa.
Você: Eu estou bem. Contanto que você esteja do meu lado...
Ethan: Uh!
Você: Oh! Eu não quis dizer nada em particular com isso.
Você: (Dizer isso só piorou?)
Você: Quando eu fiquei mais afobada por minhas próprias palavras, Ethan me abraçou mais fortemente.
Ethan: Assim é melhor?
Você: (O calor de Ethan está se espalhando por meu corpo inteiro... Ele é tão quente... Mas o que eu deveria fazer? Eu estou tão envergonhada...)
Você: Eu estava incapaz de falar, e Ethan me olhou mais de perto.
Ethan: Lily?
Você: Eek!
Você: (Sua respiração suave fez cócegas na minha orelha.)
Ethan: Qual é o problema? Você se sente doente?
Você: Sua voz soando preocupada, Ethan espiou meu rosto. Quando ele o fez, seus lábios ralaram minha orelha.
Você: N... não, mas... mas você está fazendo cócegas em minha orelha.
Ethan: O quê!? Eu sinto muito!
Você: Uhn! Se você continuar a falar tão perto de minha orelha...
Ethan: Oh!
Você: Ethan segurou seu fôlego e se afastou levemente de mim.
Ethan: Eu acho que realmente é melhor esperar lá fora...
Você: Não, está tudo bem. Nessa posição, sua respiração não vai me alcançar.
Ethan: Entendo.
Você: Eu sinto muito por fazer tanto rebuliço.
Ethan: Não, não... Não é um problema.
Você: Depois daquilo, toda conversa parou abruptamente.
Você: (Eu estou envergonhada de conversar com Ethan depois daquele pequeno incidente.)
Você: O único som que nós ouvimos era o da chuva caindo na floresta.
Ethan: Lily.
Você: Huh!? O quê?
Ethan: Você lembra quando você falou sobre a razão pela qual você luta? Por suas pessoas, pela Rainha, para pegar Excalibur de volta... Você disse que aquelas razões eram por que você luta.
Você: ... Sim.
Ethan: Seus sentimentos sobre isso mudaram desde então?
Você: Se eu disser que não mudaram, isso apenas te deixaria bravo, não é?
Ethan: Talvez. Mesmo agora, eu não quero que você lute.
Você: Eu não planejo fazer nada insensato. Mas eu quero lutar ao melhor de minha capacidade.
Ethan: Mesmo se eu dissesse que eu lutaria em seu lugar?
Você: Mesmo assim.
Você: Ethan se calou a minha resposta.
Você: (Ele está aborrecido comigo? Mas eu não posso abandonar meu propósito no meio do caminho.)
Você: Nós dois permanecemos quietos. Repentinamente, o som da chuva pareceu ficar mais alto. Depois um longo silêncio, durante o qual nós dois parecemos hesitantes de começar uma conversa novamente... Algo quente se pressionou gentilmente contra minha espádua por trás.
Você: (O quê...!?)
Você: Eu levei um momento para perceber que Ethan, quem estava pressionado contra minhas costas, tinha descansado sua testa em meu ombro. Esse repentino toque fez meu coração bater mais rápido. Eu não sabia se ele percebeu isso ou não. Ethan foi o primeiro a quebrar o silêncio.
Ethan: Eu tinha uma amiga de infância. Ela era um moleque quando criança, e isso não mudou quando ela cresceu. Ela era tão forte quanto muitos homens, e podia derrotar a maioria dos soldados naquela área. Nós costumávamos disputar quando éramos mais jovens, e eu sabia o quão forte ela era.
Você: (Por que Ethan está repentinamente falando sobre seu passado?)
Ethan: Mas ela... Mas eu a vi morrer no campo de batalha.
Você: (Que terrível, ver um amigo morrer bem diante de seus olhos...)
Ethan: Ela era muito habilidosa com sua espada, mas no fim, a força física dela apenas não era suficiente.
Você: Ethan começou a tremer levemente.
Ethan: Eu sempre me arrependi. Se apenas eu tivesse feito ela se retirar do campo de batalha...
Você: (Eu não tinha ideia de que isso é o que estava no passado do Ethan.)
Ethan: É por isso que eu continuo dizendo para você não lutar. Eu não posso suportar ver outra mulher morrer diante dos meus olhos.
Você: Ethan, eu...
-Eu não farei nada insensato
-Eu não vou morrer
Aqui você pode decidir como responder. A resposta “Eu não farei nada insensato” dá pontos de romance com o Ethan.
Você: Eu prometi não fazer nada insensato. Mas eu preciso que você lembre que para mim, é muito importante proteger os outros. Se essa hora vier, eu quero que você me perdoe por pegar minha espada.
Ethan: Lily... Eu entendo seus sentimentos.
Você: Eu sinto muito, eu entendo seus sentimentos, tanto que é doloroso. Mas mesmo assim, eu... Eu devo realizar minha missão. Meu pai confiou as coisas que ele protegeu – minha mãe, minhas pessoas, e Excalibur – para mim. O que eu aprendi nessa viagem. Eu aprendi que eu não tenho que tomar todo o fardo para mim.
Ethan: Lily...
Você: Ethan, por favor, empreste-me sua força. Por favor, ajude-me a recuperar Excalibur.
Você: Ethan suspirou e se afastou de mim levemente.
Ethan: No começo, eu achei que você era perigosa... Agora, eu penso em você como uma companheira na qual eu tenho a maior confiança.
Você: Sério!?
Ethan: Sim. Então...
Você: Ethan se moveu para mais longe.
Ethan: Eu estou devolvendo sua rapieira.
Você: O quê!? Mas...
Ethan: Eu confio em você.
Você: Ethan...
Ethan: Eu acho que agora, você ficará bem.
Você: Ethan estava me olhando com um sorriso gentil em seu rosto. Ele devolveu a rapieira que sempre estava pendurada ao meu lado.
Ethan: Eu vou proteger você. E, por sua vez, eu espero que você guarde minhas costas.
Você: Você confia em mim para fazer isso?
Ethan: Sim.
Você: Obrigada.
Você: Eu abracei a rapieira ao meu peito.
Você: (Isso não é mais apenas uma rapieira. Isso é um sinal da confiança de Ethan em mim...)
Você: Minha rapieira tinha sido devolvida para mim. Mas mais que isso, eu estava radiante com a confiança recém-descoberta de Ethan em mim.
Você: (Eu guardaria essa confiança para sempre.)
Farfalhar...
Você: O que foi esse som!?
Você: Soou como se alguém estava atravessando os arbustos, e nossa tensão cresceu. Ethan me puxou para perto dele com um braço ao redor de meu ombro.
Ethan: Não saia do meu lado.
Você: Eu não irei.
Ethan: Podem ser ladrões.
Você: O braço me segurando perto se apertou ainda mais.
Você: Ethan, é melhor nós sairmos dessa abertura.
Ethan: Shh! Não fale.
Você: (Essa é uma ordem difícil de obedecer... A respiração de Ethan ainda é gentil em minha orelha...)
Você: Dessa vez era também uma plumagem pelo meu pescoço. O que isso estava fazendo comigo não era mais apenas cócegas.
Você: (M... meu coração está batendo tão rápido...)
Ethan: Eu não posso sentir nada. O que poderia ser?
Você: (Eu certamente não queria que ele sentisse que ele era a única coisa da qual eu estava ciente. Mas nós estamos tão perto juntos, com certeza ele vai sentir o quão rápido meu coração está batendo... O que há com meu corpo?)
Você: Quando eu comecei a me sentir tonta, Ethan aproximou seus lábios de minha orelha.
Ethan: Lily, segure sua respiração por um momento.
Você: O... Ok... eep!?
Você: Quando eu assenti minha cabeça, um inseto enorme apareceu em meu campo de visão.
Você: Eeeek!
Ethan: Lily, eu disse para ficar quieta!
Você: Ma... ma... ma... mas, in... in... inseto!
Você: Quando eu gaguejei essas palavras, o inseto começou a vir em minha direção.
Você: Aiiiii!
Você: Eu me senti empalidecer, e em pânico, eu me agarrei ao peito de Ethan.
Ethan: O qu...!?
Você: In... inseto! Há um grande inseto!
Ethan: O quê?
Você: Oh, ick! Faça-o ir embora!
Ethan: Lily.
Você: Ethan acariciou minhas costas gentilmente.
Ethan: Você pode vê-lo agora, não é?
Você: N... n... não, eu não posso vê-lo, mas...
Ethan: Então eu vou continuar fazendo isso para que você não possa vê-lo. Ei, você está um pouco menos assustada agora, não está?
Você: Siiiim...
Você: (O que eu estou fazendo? Eu não acredito que eu agarrei seu peito.)
Você: Quando o calor de Ethan se espalhou por mim, eu repentinamente fiquei menos envergonhada.
Ethan: Mas... Oh, é verdade. Você tem medo de insetos.
Você: Ethan riu, aparentemente se divertindo.
Você: Não ria de mim!
Ethan: Desculpe. Mas você é tão fofa quando está com medo.
Você: (Agora não é hora para isso. Mas... Ele disse que eu sou fofa...)
Você: Eu levantei meu rosto convidativamente, para ver Ethan me olhando com seu olhar direto.
Você: (Eu não posso desviar o olhar...)
Você: Enquanto eu observava, o rosto de Ethan se aproximou.

Carta do Capítulo 6
DE: Ethan
PARA: Lily
ASSUNTO: Não Pegue Resfriado
Você ficou um pouco molhada na chuva, então eu estive um pouco preocupado. Por favor, não pegue um resfriado. Se você ficar agradável e quente, eu tenho certeza que você ficará bem, mas ainda, eu me preocupo.
Se fosse possível, eu gostaria de esquentar você um pouquinho eu mesmo...

Esse é o fim do capítulo 6. Até a próxima! :)

Comentários

  1. Ate que enfim ele parou de bobeira foi fofo, essa parte mas essa proteção obsessiva dele me fez não conseguir continuar a rota dele. Ai eu tou lendo por aqui hehehe. Bjs amei

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais Vistas ♥