[SWD] Magic Sword: Ethan (capítulo 2)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Magic Sword. Espero que gostem! :)

???: O que vocês estão fazendo no meu jardim?
Você: Havia ameaça nessa pergunta, expressada por um observador despercebido.
Ethan: Lily, se abaixe.
Você: Não, eu vou...
Ethan: Você já se esqueceu da sua promessa? Eu cuidarei disso.
Você: O olhar de Ethan era severo quando ele se dirigiu a mim.
Ethan: Cuidado!
Você: O... ok!
Você: Ethan e eu estávamos prontos, bem quando uma flecha se afundou no chão entre nós.
Você: Oh!
Ethan: Droga!
???: Saia agora!
Ethan: Nós não podemos fazer isso.
???: Então, preparem-se para morrer...
Você: (Eu não posso permitir que esse ataque continue.)
Você: Ethan estava me protegendo. Eu agarrei seu braço, e movi na frente dele.
Ethan: É perigoso, Lily!
Você: Ethan, relaxe. Eu vou tentar falar com ele. Eu não sei quem você é, mas, por favor, permita-nos descansar nessa floresta por uma noite. Nós devemos viajar para a Vila Elfa, que se encontra além desta floresta.
???: Que assunto você tem na Vila Elfa?
Você: Sua voz parecia ter ficado de algum modo ainda mais atenta.
Você: Nós devemos falar com Estel, e pedir a ele para nos acompanhar em nossa jornada.
???: ... Quem é você?
Você: ... Eu sou Lily de Theodore.
???: Entendo. Então é você.
Você: Sua voz parecia ter ficado um pouco mais gentil. Bem quando eu pensei isso...
Thump!
Você: Um homem com belas características desceu da árvore. A atmosfera tinha mudado completamente, e não mais pareceu que um ataque era iminente.
Você: (Oh, ele tem orelhas pontudas! Ele deve ser um elfo...)
Você: Quem é você?
Você: (O quê? Eu sinto que eu o vi em algum lugar antes...)
???: Eu peço desculpas por meu comportamento.
Você: Enquanto ele se aproximou de nós, Ethan permaneceu em guarda.
???: Você aí, espadachim. Eu não tenho intenção de atacar você.
Ethan: Eu não confio em você.
???: Eu sou Estel, o elfo por quem você está procurando.
Você: ...
Ethan: ...
Você: O quê!? Você é Estel!?
Estel: Sim. Eu recebi uma carta de sua mãe, a rainha. É um prazer lhe conhecer, Lily.
Você: O... o prazer é meu.
Você: O clima tinha se tornado inacreditavelmente suave depois da antiga atmosfera de perigo. Minha mandíbula caiu a esse repentino desenvolvimento.
Estel: A propósito, vocês estão realmente planejando ficar na floresta esta noite?
Ethan: Nós não temos tempo para chegar à vila mais próxima agora.
Estel: Então vocês deveriam vir para a Vila Elfa. Nós devemos alcançá-la ao pôr do sol.
Você: O quê!? Mas a Vila Elfa é longe daqui!
Estel: A Vila Elfa não é realmente onde é dita que é. Elfos são muito cautelosos. Nós não revelamos a verdadeira localização de nossa vila para humanos.
Você: (Então é assim que é. Mas, de algum jeito, a carta parece ter sido entregue com segurança...)
Estel: Eu guiarei vocês até lá, e vocês podem ficar na pousada na vila.
Você: Sério!? Isso é ótimo!
Ethan: Nós estamos em dívida com você!
Estel: Devemos ir?
Você: Oh, espere! Nós temos que pegar o Ray!
Ethan: Oh. É.
Você: Quando nós alcançamos a pousada com segurança, Ray soltou um suspiro de alívio.
Ray: O quê, apenas uma cama?
Estel: Há um quarto separado para os homens.
Ray: Onde está seu senso de paixão? Essa é uma ótima chance de compartilhar uma cama com Lily...
Estel: ...
Ray: Só brincando! Não me encare desse jeito.
Estel: Lily, é melhor você ficar longe de Ray. Ele é perigoso.
Ray: Ei, eu não tenho nenhum interesse em uma pirralha como Lily!
Você: Eu... Eu não sou uma criança!
Ray: Risadinha...
Você: Do que você está rindo!?
Estel: Lily, eu devo jogá-lo para fora?
Você: Você não tem que ir tão longe. E de qualquer maneira, parece que ele não tem interesse em mim, então ele não é perigoso.
Estel: Se esse é o seu desejo...
Ray: Hmph.
Você: (Se eles já estão brigando, o que acontecerá amanhã?)
Você: Quando eu comecei a me preocupar, Ethan se colocou entre os outros dois.
Ethan: Corte esse tipo de conversa. Nós acabamos de conhecer nosso novo companheiro! Vamos comer.
Você: Sim, essa é uma ótima ideia!
Ethan: Que tal aquele bar que eu vi no meio da vila?
Você: Sim, eu aprovo! Estel, ele ainda está aberto?
Estel: Sim.
Ethan: Ótimo, então está decidido!
Estel: Entretanto, o cardápio pode não ser do gosto de humanos.
Você: O que vocês servem lá?
Estel: ...
Você: (Huh!? Sobre o quê ele está bravo agora!?)
Ray: Eu não vou comer nada estranho.
Ethan: Não importa o que é, importa? Nós continuamos nossa jornada amanhã. Nós temos que comer alguma coisa.
Ray: Eu não comer apenas qualquer coisa.
Ethan: Sério? Eu várias vezes como lagartos torrados inteiros sobre uma fogueira.
Você: Você come!?
Você: Eu estava um pouco assustada, e olhei para Estel. Quando eu fiz, ele repentinamente olhou para longe.
Você: (Impossível...)
Você: Eu tive uma repentina sensação ruim sobre a situação, e sem pensar, ri em um modo tenso. Ethan se aproximou e olhou em meus olhos.
Ethan: Em nossa jornada, nós podemos ter que comer coisas assim algumas vezes.
Você: S... sim, eu sei disso...
Ethan: Você por acaso partiu nessa jornada sem levar tais coisas em consideração?
-Considerei
-Não pensei em comida estranha
Aqui você pode decidir como responder. A resposta “Não pensei em comida estranha” dá pontos de romance com o Ethan.
Você: E... está tudo bem. Eu estou pronta para qualquer coisa...
Ethan: Você parece um pouco pálida. Não se force.
Você: ... Eu sinto muito.
Ethan: Eu sabia. Não se preocupe, você não terá que comer coisas assim toda vez.
Você: Estel interrompeu nossa troca.
Estel: O bar também serve pratos de peixe.
Você: S... sério? Graças a deus...
Ethan: Isso é um alívio, eh, Ray?
Você: Ray apenas assentiu em resposta às palavras de Ethan.
Ethan: Se isso está decidido, vamos. Eu estou morrendo de fome.
Você: Eu também estou me sentindo bem faminta.
Estel: Eu vou te mostrar o caminho.
Você: Com Estel na liderança, nós fomos ao bar. O dia seguinte. Nós começamos nossa jornada novamente, desta vez acompanhados por Estel.
Ray: Eu ainda digo que aquilo foi uma coisa horrível a ser submetido, noite passada...
Você: Ah-hahaha. Sim, aquilo foi realmente doloroso.
Ray: Para ser forçado a comer coisas tão estranhas...
Estel: Elas não eram estranhas. Era peixe.
Ray: De onde no mundo vieram aqueles peixes? Ninguém deveria ter que comer aquilo.
Estel: Você não deveria ser tão exigente baseado apenas em aparência.
Você: Ray e Estel continuaram a discutir.
Você: Isso é conversa o suficiente sobre a comida. A aparência era definitivamente estranha, mas a comida estava deliciosa.
Ethan: Ela está certa. Não há tempo de brigar por comida. Nós somos companheiros em uma missão, com o mesmo objetivo.
Você: Ethan está certo.
Você: Estel e Ray estavam ouvindo, mais ou menos, mas embora eles pararam de discutir, eles andaram juntos com rostos evitados um do outro.
Ethan: Isso é loucura. Eu nunca teria pensado que eles iriam brigar por algo assim.
Você: Eu sei... O que você acha que nós deveríamos fazer?
Ethan: Em uma situação como essa, é melhor para eles apenas brigarem e acabarem com isso.
Você: Mas isso não vai piorar as coisas?
Ethan: Mas depois que você e eu lutamos, nossos ressentimentos na maioria desapareceram, não é?
Você: ... Agora que você menciona, nós não brigamos desde ontem.
Você: Nossos olharem se encontram, e nós começamos a rir ao mesmo tempo.
Você: (É tão estranho... Ontem tudo o que pudemos fazer era brigar, e agora ele é divertido de estar junto...)
Ethan: Embora eu ainda não esteja feliz sobre você indo nessa jornada.
Você: Bem, eu não estou particularmente feliz sobre você tentar me proteger o tempo todo. Mas... você é forte. Eu odeio isso, mas eu não posso te derrotar.
Ethan: Claro que não. Eu sou um homem e você é uma mulher. E nós fomos treinados completamente diferente.
Você: Eu vou me tornar forte o suficiente nessa jornada para mudar sua mente sobre isso.
Ethan: Lily...
Você: Ethan me observou com olhos gentis.
Você: (Eu imagino por que... quando ele olha para mim desse jeito... Meu coração começa a bater tão rápido...)
Você: Eu senti minhas bochechas se aquecerem, e eu estava incapaz de desviar meu olhar.
Ethan: Huh? Lily, seu rosto está vermelho.
Você: N... não é nada!
Você: Nervosa, eu virei meu rosto e limpei minha garganta.
Você: Esqueça isso, o problema em mão é o que fazer sobre Ray e Estel. Como nós podemos conseguir que eles se conciliem?
Ethan: Nós também podemos apenas deixar para eles. Ou fazê-los realmente conversar sobre isso. Lily, o que você gostaria de fazer?
-Deixá-los em paz
-Ajudar?
Aqui você pode decidir como responder. A resposta “Ajudar?” dá pontos de romance com o Ethan.
Você: A única coisa a fazer nessa situação é forçá-los a se conciliarem.
Ethan: Sim, eu acho que você está certa. A jornada será insuportável se isso continuar.
Você: Eu gostaria que você ajudasse, se você pudesse...
Ethan: Claro, o que eu puder fazer.
Você: Eu chamei Ray e Estel mais uma vez.
Você: Vocês dois, por favor, parem de brigar!
Ray: Eu não estou brigando. Esse cara apenas continua me atacando.
Estel: Tudo o que eu fiz foi apontar que você é extremamente intolerante.
Ray: Você toma exceção a tudo o que digo – não é você quem é intolerante?
Estel: Bem, você importuna tudo o que eu digo também.
Você: (Isso não é bom – está bem pior que estava antes.)
Você: Enquanto nós comemos o jantar, esses problemas triviais me tiveram ao fim da inteligência... Mas repentinamente Ray pôs um braço ao redor de meus ombros.
Ray: Lily, você pensou que aquela comida estava estranha também, não é?
Você: Bem, eu... er...
Ray: Vê? Então eu estou certo.
Você: Desta vez, Estel agarrou meu braço e puxou.
Estel: Mas você comeu, não é? Como estava? Ela estava deliciosa, não é?
Você: Sim, ela estava realmente boa.
Estel: Em outras palavras, se você pode ignorar a aparência externa, o sabor não é problema, certo?
Você: Ray abraçou meus ombros novamente. Como se em oposição, Estel puxou meu braço novamente.
Ray: Mas esse é o problema, não é, Lily?
Estel: O sabor é o que é importante, você não concorda, Lily?
Você: Errrr...
Você: (Não importa o que eu responder, essa briga vai apenas ficar pior.)
Você: Enquanto eu fiquei ali, incapaz de encontrar palavras para responder, Ethan se aproximou e ficou em minhas costas. Então ele agarrou meus ombros e me puxou para longe dos outros dois.
Ethan: Vocês poderiam parar com isso? Não envolvam Lily em suas brigas idiotas.
Você: Ao som da voz zangada de Ethan, Ray parou de falar.
Estel: Eu peço desculpas, Lily.
Você: Você não tem que pedir desculpas para mim. Mas eu queria que vocês dois parassem de brigar.
Estel: Eu não vou mais brigar.
Você: Eu me senti aliviada às palavras de Estel.
Ethan: ... Eu achei que elfos seriam mais insensíveis. Eu ouvi que vocês eram imperdoáveis de humanos... Para ser honesto, eu nunca pensei que você iria concordar nos acompanhar nessa jornada.
Estel: Eu não tenho interesse em humanos. Mas, pelo bem de Lily...
Você: O quê!?
Estel: Nada, nada.
Você: (Pensando de volta, quando eu vi Estel, eu senti que eu tinha o encontrado antes.)
Ray: Ei, esse cara está olhando Lily estranhamente. Você está interessado nela, não é?
Estel: ... Lily, você não se lembra de mim?
Você: Estel estava olhando para mim fixamente, como se procurando por algo.
Você: (Pode ser que nós nos encontramos em algum lugar antes?)
Você: ...
Você: Eu procurei em minhas memórias sinceramente. Eu estava incapaz de remover meus olhos de seu olhar, o que era claro como o lago refletindo as árvores na floresta.
Você: (Tais lindos olhos verdes...)
Você: Encantada pela misteriosa luz em seus olhos, uma cena de meu passado desdobrou no olho de minha mente. No fundo de uma floresta luxuriante. Eu era uma criança, e perdida na floresta, quando um lindo homem apareceu perante mim.
Você: (Eu lembro! Eu conheci Estel quando eu era uma criança! Nós nos encontramos muitas vezes na margem de um lago – por que eu não o reconheci?)
Você: Eu estava imersa em minhas memórias do passado, mas eu ouvi Ray suspirar.
Ray: Em outras palavras, tudo pelo bem de uma mulher...
Ethan: Ray, você não deveria falar assim.
Ray: Mas você não pode dizer que eu estou errado, pode?
Ethan: Bem, então, por que você concordou em vir nessa jornada?
Ray: Eu...
Você: Eu imaginei isso também. Sua própria segurança é sempre o primeiro com você, então por que você está aqui?
Ray: ...
Você: Ray olhou para mim intencionalmente.
Ray: Lily, eu apenas queria... queria...
Você: O quê!?
Ray: Eu apenas realmente queria te atormentar, então eu decidi vir.
Você: Huh!?
Ray: Apenas pareceu que você seria um alvo perfeito para minhas brincadeiras espirituosas.
Você: Ele sorriu cruelmente em minha direção.
Você: (É isso o que ele quis dizer mais cedo quando ele disse que a jornada seria interessante!?)
Ray: De verdade, provocar você e Ethan como um par é extremamente agradável.
Ethan: Eu, também?
Ray: O quê, você não percebeu? Quando você esteve segurando Lily pelos ombros esse tempo todo?
Ethan: !
Você: Eu repentinamente me lembrei da mão de Ethan em meu ombro.
Ethan: D... desculpe!
Você: Es... está tudo bem!
Ray: Hahaha! Vocês dois realmente são divertidos!
Você: Pare com isso! Pare de me provocar!
Ethan: Bem, agora, contanto que ele não nos odeie, isso não é o suficiente?
Você: Eu suponho que você está certo, mas...
Ethan: E não dói ter o máximo possível de companheiros nessa jornada.
Você: Quando eu olhei à variedade de indivíduos me acompanhando nessa jornada, eu não pude evitar sorrir ironicamente.
Você: Sim. E Estel e Ray parecem ter se conciliado, também.
Ray: Nós NÃO nos conciliamos.
Estel: Nossa briga apenas está em espera temporariamente.
Você: Qu... quê!? Mas Ethan acabou de dizer...
Ray: Eu vou ficar quieto apenas por agora. Mas eu não aprovo esse homem.
Estel: Eu tenho a mesma opinião. Eu sou incapaz de cooperar com este mago.
Você: M... mas...
Estel: Não se preocupe, nós não iremos incomodar você com nosso problema.
Você: Quando ele disse isso, Estel franziu as sobrancelhas para Ray.
Você: (Eu não estou feliz sobre isso.)
Ethan: Eles são um constrangimento. Eu apenas espero que eles não se esqueçam de nosso objetivo.
Você: Eu, também...
Ethan: De qualquer modo, contanto que eu esteja aqui, não é grande coisa para mim proteger uma mulher.
Você: Eu te disse que eu não preciso ser protegida!
Ethan: E eu tenho bastante certeza que eu disse que eu IRIA proteger você.
Você: Es... espere. Eu prometi não lutar nas linhas de frente. Eu não concordei com nada sobre ser protegida...
Ethan: Eu decidi que eu iria proteger você. Eu não vou ceder nesse ponto.
Você: Você é muito teimoso, Ethan.
Ethan: Haha, as pessoas dizem isso sobre mim com bastante frequência.
Você: (Nós realmente seremos capazes de realizar esta missão?)
Você: Com sentimentos conflitantes, eu continuei a andar, e gradualmente as árvores começaram a afinar até que nós saímos da floresta. Abaixo na estrada, um grupo de crianças estava correndo em nossa direção, suas vozes erguidas em gritos de alegria. Carregando armas feitas de madeira, as crianças brincavam uma com a outra enquanto se aproximavam.
Criança 1: Logo será o dia de Pentecostes. Nós vamos ter um banquete!
Criança 2: Vai ser divertido!
Criança 3: E nós podemos encontrar o Rei Arthur em Pentecostes!
Você: Quê!?
Criança 2: Sério!? Nós vamos encontrar o Rei Arthur!?
Criança 1: É verdade! Meu pai disse também!
Ethan: Eles disseram Rei Arthur!?
Você: Eu não fui a única quem não podia acreditar suas orelhas ao som daquele nome. Os olhos de Ethan arregalaram em surpresa, e Ray e Estel pararam completamente em seus rumos. Nós todos olhamos um ao outro em descrença.
Ray: Ei, vocês ouviram isso?
Estel: Sim. Eu definitivamente os ouvi dizerem “Rei Arthur”.
Você: (Eles serão capazes de encontrar o Rei Arthur...!? O que isso pode significar?)
Carta do Capítulo 2
DE: Ethan
PARA: Lily
ASSUNTO: A comida era estranha?
O peixe sobre o qual Ray estava reclamando realmente era tão estranho?
Eu achei que eles pareciam peixes normais, mas... Pelo menos, estava delicioso!
Na próxima vez que você for para a Vila Elfa, vamos aproveitar um pouco juntos.
Este é o fim do capítulo 2. Até a próxima! :)

Comentários

Postar um comentário

♥Por favor, seja educado(a) e gentil ao comentar.
♥Diga sua opinião com sinceridade.
♥Não tenha medo de perguntar sobre alguma tradução.
♥Eu leio todos os comentários!

Mais Lidas ♥