[SWD] Magic Sword: Estel (capítulo 3)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Magic Sword. Espero que gostem! :)

Estel (História Principal) – Capítulo 3

Você: Bem como Trent nos disse, nós viajamos para o leste. Mas nós tínhamos um longo caminho para ir antes de sair da floresta...
Ray: Nós ainda não saímos do bosque?
Você: Já faz dois dias inteiros agora...
Ray: Nós nunca deveríamos ter vindo aqui em primeiro lugar.
Estel: ... Se você se sente assim, por que você não vai embora?
Ray: ... Você nunca fala comigo, então quando fala, é rude.
Estel: Eu estava meramente expressando meus verdadeiros pensamentos.
Ray: Você é um cara bem podre.
Estel: Eu acho que você pode me bater.
Ray: Por que, você...!
Você: C-cavalheiros! Por favor, não briguem aqui.
Você: Ray virou a cabeça em mau humor.
Você: (Desde o encontro com Trent, esses dois pioraram.)
Você: Enquanto isso...
Ethan: Olhem! Há pássaros!
Estel: Esse tipo de pássaro apenas vive em regiões montanhosas.
Ethan: Você acha que eles foram afugentados?
Estel: Sim, eu não passaria por esses humanos irrefletidos...
Ethan: Eu sinto muito. Mas eles parecem contentes aqui em sua nova casa.
Estel: Bem... Você pode estar certo.
Você: (Esses dois parecem ter se tornados ainda mais comportados.)
Você: Embora pudesse ter sido apenas Ethan. Ele parecia dominar as conversas. Mas Estel ainda o respondia.
Você: (O propósito dessa missão não era fazer amigos, mas certamente é mais fácil quando nos damos bem...)
Você: Ethan me deu um tapa no ombro, puxando-me de meus pensamentos.
Ethan: Qual é o problema? Por que os suspiros?
Você: Oh... Não é nada, realmente.
Ethan: Você está cansada?
Você: As orelhas de Estel levantaram a sugestão de Ethan.
Estel: Devemos descansar?
Você: Mas eu gostaria de sair da floresta o mais cedo possível...
Ethan: Não há necessidade para se apressar. Vamos descansar.
Você: Nós todos obedecemos a Ethan e sentamos debaixo de uma árvore próxima.
Estel: Você está bem, Lily?
Você: Sim, eu estou bem. Eu não estou realmente tão cansada.
Estel: Para alguém que não está realmente cansada, seu rosto certamente está pálido.
Você: Huh? S-sério?
Estel: Você não deve se exceder.
Você: Você está certo... Obrigada. Eu terei cuidado.
Você: Quando Estel falou comigo, sua aura estava muito pacífica.
Você: (Eu estou imaginando?)
Você: Para aumentar ainda mais a pergunta, um pássaro voou para baixo e pousou no ombro de Estel.
Estel: E aí, carinha. Você se sentiu deixado de fora? Hmhm, entendo.
Você: Eu acho que ele gosta de você.
Estel: Animais são criaturas de coração aberto - eles gostam de conversas simples.
Você: Eu gostaria de poder conversar com animais.
Você: Bem quando eu disse isso, um esquilo se juntou a nós. Ela pulou no joelho de Estel.
Você: Ahhh... Ela é tão fofa!
Estel: Eu acho que ela queria me encontrar a um tempo também.
Você: Oh, eu estou sendo intrusiva?
Estel: Não... Eles só estão surpresos que um elfo é tão íntimo de um humano.
Você: Isso faz sentido agora! Eu lembro que Trent pareceu surpreso também.
Estel: Eu não acho que você precisa se preocupar com isso. Oh, e aqui vem outro.
Você: Antes que eu soubesse, Estel estava cercado por pássaros e esquilos.
Você: ... Eu estou com inveja.
Você: Eu sussurrei.
Estel: Lily, você gosta de animais?
Você: Sim, eu gosto.
Estel: ...
Você: Mas animais selvagens assim normalmente têm medo de humanos.
Estel: Isso é verdade.
Você: Então observar todos esses pequenos amores se aglomerando ao seu redor está me deixando um pouco com inveja.
Estel: ... Você gostaria de tentar segurar um?
-Eu deveria estar assustada?
-Eles não desgostam de mim?
Aqui você pode decidir como responder. A resposta “Eles não desgostam de mim?” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Mas, eles não desgostam de mim?
Estel: Não, na verdade, eles estão muito interessados em você. E eu estou confiante que você pode se tornar amiga deles.
Você: Sério? Certo, deixe-me segurar um!
Você: Estel sorriu em meus olhos, brilhando com antecipação. Ele tocou meu ombro e um esquilo, noz na boca, desceu apressado da árvore e subiu em meu ombro.
Você: Oh, puxa!
Estel: Ele diz que gosta de você.
Você: Sério? Hmhm, obrigada.
Estel: Todos os animais gostam de você, Lily, porque você tem um coração puro.
Você: O esquilo chiou em concordância. E ele aninhou em minha bochecha.
Você: Hmhm, isso faz cócegas! Mas é bom.
Você: Então meu novo amiguinho me ofereceu a noz.
Estel: Ele está formalmente se apresentando.
Você: Obrigada, Sr. Esquilo. Meu nome é Lily.
Você: O esquilo chiou novamente.
Estel: Ele diz, “Prazer em te conhecer”.
Você: Prazer em te conhecer também.
Estel: Animais amam pessoas de coração gentil como você, Lily.
Você: Eles amam?
Estel: Se você ouvi-los, eles dirão a você.
Você: Eu estou verdadeiramente honrada.
Você: Eu suavemente afaguei a cabeça do esquilo e ele chilreou alegremente. Por um momento, eu senti seu precioso coraçãozinho se fundir com o meu. Uma sensação fofinha correu pelo meu corpo. Ethan e Ray nos observaram à distância.
Ethan: A amizade é linda, de fato!
Ray: O que é isso, um circo?
Ethan: Não zombe deles – eu acho que é muito adorável.
Ray: É ridículo.
Ethan: Ray, eu acho que você está com ciúmes.
Ray: Eu acho que você é tolo.
Você: Ele disse, olhando para longe arrogantemente. Depois de nosso descanso, nós continuamos nossa longa trilha para fora da floresta.
Você: O sol está prestes a se pôr.
Ethan: Nós devemos provavelmente encontrar um lugar pra acampar para a noite.
Você: Boa ideia. Eu não acho que conseguiremos sair da floresta hoje...
Você: Enquanto nós conversamos, a voz de algum animal selvagem uivou à distância.
???: Grrrrrr!
Ethan: Lily, fique atrás. Isso cheira perigoso.
Você: E-espere, eu posso lutar também!
Ethan: Isso não é uma luta de mulher.
Você: Bem quando ele disse isso, a besta apareceu perante nós.
???: Grrrrr!
Você: Por que, isso é um javali selvagem...
Ethan: Sorte pra gente. Acabamos de encontrar nosso jantar.
Ray: Certo, você pega um lado, eu pego o outro.
Ethan: Sim-sim, senhor.
Você: Ethan e Ray pularam em cada lado do javali selvagem. Eu fiquei alguns passos atrás e observei.
Você: Espere, onde está Estel?...
Você: Eu freneticamente olhei ao redor da área. Logo então...
Ray: Eu vou te matar e cozinhar o jantar ao mesmo tempo!
Você: A bola de fogo mágica de Ray voou na direção do javali selvagem. Mas o javali desviou dela.
Ray: Pequena praga rápida!
Ethan: Então eu vou pará-lo em sua trilha! Me cubra com sua mágica, Ray!
Ray: Entendi.
Ethan: Prepare-se pra morrer!
Você: Ethan puxou sua espada e atacou na direção do javali selvagem.
Ethan: Um acerto limpo...!
Você: Ethan se aproximou o máximo que pode, então pulou no ar para trazer a espada para baixo. ... Ou era o que ele pretendia. O javali rodopiou pra longe. A besta era mais ágil do que parecia. O ataque de Ethan foi refletido.
Ethan: Sujeitinho rápido. Eu não consigo acertar um ataque.
Ray: Escute, Ethan, nós temos que atacar simultaneamente.
Ethan: Você tá certo... Ok! Aqui vamos nós.
Ray: Dessa vez com certeza, você tá morto!
Javali furioso: Grrrrr!
Você: O fogo de Ray tinha acertado o javali de algum modo, mas ele não tinha parado de se mover. Logo então...
Estel: Agora...!
Você: Uma flecha se atirou do galho onde Estel estava pousado. O ataque foi fatal.
Javali furioso: Rugidooo...!
Você: O javali selvagem soltou seu grito final e caiu no chão.
Você: Meu deus, você o pegou com um ataque...
Estel: Se você estudar os movimentos dele, ele é um alvo fácil.
Você: Estel pulou da árvore, removeu sua flecha, e limpou o sangue. Então ele afagou as costas do javali selvagem.
Estel: Eu sinto muito, companheiro. Nós agradecidamente partilhamos de sua carne.
Você: Logo então, Ray e Ethan voltaram.
Ray: Ei, essa era nossa morte. Não roube a glória depois que nós o encurralamos pra você.
Você: Pronto, pronto, não importa quem o matou. Nós temos o jantar agora!
Ray: Importa quando esse idiota pomposo entra valsando e rouba minha glória.
Estel: Você está perdendo o ponto.
Ray: Você ignora todo mundo o tempo todo!
Você: Basta! Vamos apenas descansar por hoje!
Você: Eu forcei o fim do argumento e comecei a preparar o javali. A noite caiu na floresta, escurecendo tudo ao nosso redor. Nossa única fonte de luz era a fogueira.
Ethan: Vejam! A carne tá pronta.
Você: Ray silenciosamente arrancou um pedaço da carne para si mesmo.
Ethan: Ei! Eu queria essa parte. Você é um espertinho, Ray.
Você: Ethan reclamou enquanto avidamente mastigava sua própria porção.
Ethan: Mmmm! Delicioso!
Ray: Faz um tempo que eu não festejo assim.
Você: Ray e Ethan engoliram a carne. Estel suspirou e franziu as sobrancelhas enquanto olhava para eles.
Estel: Vocês não podem mostrar um pouco mais de respeito para o javali?
Ray: Se você não comer rapidamente, a carne fica dura.
Ethan: Ele tá certo. Vamos, Estel, coma.
Estel: Antes de comer, você deve agradecer as forças da natureza que te proveram com esse alimento. A natureza nos sustenta – nunca se esqueça disso.
Você: Estel, acalme-se.
Estel: ... Nós matamos outros para que possamos viver...
Você: Isso é verdade...
Estel: Eu não quero dizer que nós não deveríamos matar – a morte é necessária para a vida. Mas nós não devemos nos esquecer de agradecer aqueles que deram suas vidas para que nós possamos viver...
Você: Eu concordo com você, Estel, mas, por favor, não seja tão duro com eles.
Estel: Você está dizendo que eles deveriam ser permitidos não serem gratos?
Você: Não, eu estou dizendo que raiva não resolverá nada. Vamos nós dois pelo menos agradecer ao javali enquanto comemos.
Estel: ... Certo.
Você: Então... Obrigada, Javali.
Estel: Obrigado, Javali.
Você: Nós juntamos nossas mãos em oração, agradecendo a Natureza por sua bênção, então começamos a comer.
Você: Mmmm! Delicioso!
Estel: ... Hmhm.
Você: Hm? O que é tão engraçado?
Estel: Não, eu estava apenas entretido observando você comer tão ansiosamente.
Você: Heh? N-não me observe comendo. É embaraçoso.
Estel: Nada para se envergonhar.
Você: Ele sorriu gentilmente com bochechas rosadas.
Você: (Estel está falando normalmente comigo de novo. Então por que ele é tão severo com Ray e Ethan?)
Estel: Por que você está me encarando?
Você: Bem... Eu estava apenas me perguntando por que você é sempre tão rápido em brigar com Ray e Ethan.
Estel: Nunca é minha intenção brigar.
Você: O quê!?
Estel: Eu meramente falo normalmente com eles.
Você: N-normalmente...
Você: (Eu não sei, para mim você parece muito diferente perto deles.)
Estel: Você tem algum problema com o jeito que eu ajo?
-Você age como uma pessoa diferente perto deles.
-De jeito nenhum!
Aqui você pode decidir como responder. A resposta “De jeito nenhum!” dá pontos de romance com o Estel.
Você: De jeito nenhum!
Estel: Isso é bom de ouvir. Eu estava preocupado que tivesse machucado seus sentimentos...
Você: Você é sempre gentil comigo, embora possa ser um pouco severo às vezes.
Estel: Eu tenho problemas contendo minha raiva quando eu sinto que a Natureza é ameaçada.
Você: Mas eu entendo o quão importante a Natureza é para você.
Estel: Contanto que você me entenda, então eu não preciso ficar com raiva. Mas aqueles dois...
Você: Estel franziu as sobrancelhas e olhou para os dois homens novamente.
Você: (Então eu suponho que ele apenas não gosta deles.)
Você: Eu entendi Estel um pouco melhor então, mas eu ainda não podia sentar e observar a desarmonia.
Você: (Se apenas eu pudesse conseguir que eles cooperassem, mesmo apenas por um tempinho...)
Estel: Lily, a carne está acabando.
Você: Huh? Oh não, está mesmo!
Estel: Aqui, eu guardei esse pedaço para você.
Você: Obrigada, Estel!
Você: Eu deixei meus pensamentos para trás... E aproveitei meu novo pedaço de carne.
Chilro, chilro.
Você: Eu lentamente abri meus olhos ao som dos pássaros.
Você: (Nnnngh, já é manhã?...)
Você: Um grande bocejo em meu rosto, eu olhei de relance aos restos do fogo da noite passada.
Você: (Ray e Ethan comeram a maioria da carne na noite passada...)
Você: Eu tentei me aconchegar mais fundo sob meu lençol enquanto relembrava dos eventos da tarde...
Você: E-espere, eu não consigo me mover.
Você: Eu não podia me mover. Eu não podia nem mesmo rolar.
Você: (O que aconteceu?)
Você: Em pânico, eu repentinamente senti uma respiração de algo quente em meu pescoço.
Você: Ah! P-podia ser...
Você: Eu timidamente virei meu rosto para trás.
Você: Ah!
Estel: Zzzzz...
Você: Estel estava diretamente atrás de mim... Ou melhor, ele estava me abraçando.
Estel: Nmm... zzzz...
Você: (Ele está adormecido... Ele sonambulou até aqui?)
Você: Logo quando eu percebi minha situação, meu rosto queimou vermelho. O som de meu coração estava penetrantemente alto.
Você: (Isso é muito embaraçoso...!)
Você: Quando eu tentei recuperar o fôlego, Estel me abraçou ainda mais forte.
Você: Nn... N-não consigo respirar...
Estel: Nn! Lily...
Você: Estel!? V-você está acordado!?
Estel: ... Zzz.
Você: (Ele ainda está adormecido!)
Você: Eu preciso acordá-lo. Bem quando eu pensei isso, a mão de Estel se esfregou contra meu seio.
Você: (E-espere, não aí... N-não! Não mais, por favor...!)
Você: Eu queria pará-lo, mas meu corpo não obedecia.
Você: (Se eu não fizer alguma coisa rápido... eu realmente estarei nisso fundo!)

Carta do Capítulo 3
DE: Estel
PARA: Lily
ASSUNTO: Ele disse que queria brincar de novo.
O esquilo no seu ombro disse que ele queria brincar de novo. Então uma vez que recuperarmos Excalibur, vamos voltar aqui juntos. Eu tenho certeza que os pássaros também amariam ver você.


Esse é o fim do capítulo 3. Até a próxima! :)

Comentários

Mais Vistas ♥