[SWD] Magic Sword: Estel (capítulo 5)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Magic Sword. Espero que gostem! :)

Estel (História Principal) – Capítulo 5

???: Lily?
Você: (Essa voz é...)
Você: A figura ensombrada tomou um passo em minha direção.
???: Lily, é você, certo?
Você: (Sim, não há dúvida...)
Você: Eu endireitei meus ombros e me aproximei.
Ethan: Eu pensei que sim.
Você: Ethan, você ainda está acordado?
Ethan: Eu estava adormecido, mas vozes conversando me acordaram.
Você: (Aquela garota elfa estava conversando bem alto...)
Ethan: Mas Lily, por que você não estava em seu quarto?
Você: Bem... Eu saí...
Ethan: Sozinha!? Isso foi uma coisa perigosa de fazer!
Você: ... Você está certo. Desculpe.
Você: Eu abaixei minha cabeça, não tendo o coração para dizer a ele que eu tinha estado com Estel.
Ethan: ... Alguma coisa aconteceu com você?
Você: Huh!?
Ethan: Você não parece você mesma.
Você: Seus profundos olhos penetrantes me intimidaram.
Você: Algo aconteceu... Mas não foi nada importante.
Ethan: Mesmo assim, eu ainda estou preocupado com você. Você não parece bem.
Você: Ethan... Obrigada por se preocupar.
Você: Quando eu me esforcei para encontrar um sorriso, Ethan colocou sua palma em minha cabeça. Então ele gentilmente afagou meu cabelo.
Ethan: Não aja forte por meu bem.
Você: Ethan...
Ethan: Eu estou aqui para apoiar você quando você está machucada. Então por favor, deixe-me te ajudar.
Você: ...
Você: A mão carinhosa de Ethan afagou meu cabelo, acalmando minha tristeza escondida.
Você: ... Obri... gada...
Você: Eu não podia falar mais. Eu não podia nem mesmo olhar Ethan nos olhos. Ethan não perguntou mais de mim enquanto gentilmente afagava meu cabelo. Eu estava muito grata por sua gentileza naquele momento. No dia seguinte. Nós saímos da Vila Elfa e fomos para o leste.
Estel: ...
Você: ...
Você: Estel e eu não falamos uma palavra desde a noite passada.
Você: (Ele provavelmente está zangado comigo por fugir para minha cabana sem dizer nada.)
Ethan: Estel, qual é o problema? Você está ainda mais quieto que o normal hoje.
Estel: Nada em particular...
Ethan: “Nada em particular”, meu pé. Você era uma pessoa diferente ontem.
Estel: Não é assim.
Ethan: Negue o quanto quiser, você não pode me enganar.
Você: Ethan apertou uma mão no ombro de Estel e espiou em seu rosto.
Ethan: Nós somos companheiros! Eu estou aqui para ajudar se você me disser qual é o problema.
Estel: Eu te disse, nada está errado.
Você: Estel afastou a mão de Ethan e rigidamente marchou para frente.
Ethan: Ahhh, Estel é tão obstinado.
Você: Mas, sabe, Estel nunca foi muito de um falante para começar...
Ethan: Mesmo assim, ele está definitivamente incomodado com alguma coisa hoje.
Ray: Ethan é um cara intuitivo. Ele pode estar certo.
Você: Você acha...?
Você: Eu lancei uma olhada preocupada a Estel.
Ray: Ver sua cidade natal o deixou com saudades de casa. Ele provavelmente queria ficar lá.
Ethan: Então por que ele ainda está conosco?
Ray: Veja se eu me importo.
Ethan: Vamos, isso é sério!
Ray: Aquele idiota não me interessa em absoluto.
Você: Ray desviou o olhar em mau humor. Ethan balançou sua cabeça a Ray e suspirou. Eu mudei minha atenção para Estel, quem estava andando sozinho à nossa frente.
Você: (Isso realmente pode ser minha culpa por como eu agi na noite passada. Eu saí correndo sem nem mesmo devidamente cumprimentar aquela garota elfa... Eu preciso me desculpar. Agora.)
Você: Com essa nova decisão, eu acelerei para Estel.
Você: Estel, eu sinto muito sobre noite passada.
Estel: ... Por que isso?
Você: Sabe, por não devidamente cumprimentar aquela garota elfa e por correr de volta ao meu quarto. E isso foi depois que você foi tão gentil e me levou ao lago... Então, eu sinto muito.
Estel: Eu não estou particularmente incomodado por isso.
Você: Huh? Então por que...
Estel: ... Isso não lhe diz respeito.
-Mas isso me diz respeito.
-Não fale assim. Isso me deixa triste...
A escolha “Mas isso me diz respeito” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Mas isso me diz respeito! Você é muito importante para essa equipe. E você é meu amigo.
Estel: ... Amigo, eh.
Você: Eu não sou uma amiga para você?
Estel: Bem... ...
Você: Depois de uma longa pausa, Estel balançou sua cabeça.
Estel: Eu não acho que você é. Apenas me deixe em paz.
Você: Mas...
Você: Estel deu passos largos para longe de mim.
Você: Estel...
Você: Eu queria impedi-lo de ir embora, mas eu não tinha ideia do que dizer. E além disso...
Você: (Eu não conseguia tirar as palavras da garota elfa da minha mente...)
Elfa: Estel, é inútil se envolver com uma garota humana. Um elfo e uma humana não são supostos a ficarem juntos. Ela vive em um mundo e tempo diferentes – tentar se relacionar com ela é inútil.
Você: Toda vez que eu me lembrava dessas palavras, meu coração latejava em dor.
Você: (Eu perdi Estel uma vez quando éramos jovens... Eu terei que perdê-lo novamente? Eu não posso ter isso... Eu não quero que ele vá embora desta vez... Eu quero que Estel fique comigo. Eu acho- Eu acho que eu estou...)
Ethan: Lily, alguma coisa está te incomodando de novo?
Você: Eu virei em surpresa à repentina voz atrás de mim.
Você: Oh, Ethan...
Ethan: Você sabe que eu estou aqui pra ouvir. Algo está errado?
Você: (Eu não acho que isso é algo que eu possa contar a Ethan...)
Você: Eu estou bem. Desculpe por te preocupar.
Ethan: ... É uma dor que eu não posso curar?
Você: Huh...?
Ethan: Lily, eu sempre...
Você: Ray deu um tampinha no ombro de Ethan, parando-o no meio da frase.
Ray: Ei, nós não temos tempo pra gastar com conversinhas.
Ethan: ... Parece que sim.
Você: Ethan puxou sua espada e estreitou os olhos a uma lacuna nas árvores.
Você: Qual é o problema? É...
Ray: São goblins. Eles nos cercaram.
Você: Oh não! Quando isso aconteceu...?
Ray: Aconteceu enquanto você estava ocupada em conversa inútil.
Você: Ray disse enquanto traçou um símbolo mágico no ar.
Ray: Ele é um alvo pequeno, eu o pegarei em um soco.
Ethan: Lily, elimine os goblins depois de eu ter atacado.
Você: Certo.
Você: Eu puxei minha rapieira e me preparei para batalha.
Você: Oh, onde está Estel?...
Você: Meus olhos espiaram para cima e eu o vi na árvore, arco puxado.
Ethan: Ele é um lutador independente. Isso ajudará mais a distrair o inimigo enquanto nós atacamos.
Você: Bom ponto... Eu estou pronta.
Ethan: Certo... Ataque!
Você: Ao som do comando de Ethan, flechas flamejantes se atiraram do símbolo mágico de Ray.
Goblin: Gahhh!
Você: Os goblins gritaram e caíram um por um, mas havia demais para atingir.
Ray: Droga! Há muitos deles.
Você: Estel atingiu os goblins restantes com suas flechas.
Ethan: Eles só continuam vindo... Por que, seu...!
Você: Os pequenos goblins não eram páreos para a espada balançante de Ethan.
Você: (Eu não posso evitar sentir pena deles.)
Ray: Lily, não fique parada aí!
Você: Oh...!
Ethan: Não deixe um único deles escapar!
Você: S-sim, senhor...!
Você: Eu esfaqueei um goblin com minha rapieira.
Goblin: Gaaaah!
Você: (Ah!... Ele parece tão triste...)
Você: Incapaz de eliminá-lo, minha mão da rapieira tremeu. Enquanto isso, Ray, Ethan, e Estel continuaram a atacar os goblins ao meu redor.
Você: Um, então... Você prometerá não nos machucar?
Goblin: Gaaah!
Você: Eu não o entendi, mas de algum modo senti que era seguro.
Você: Então eu o deixarei escapar.
Você: Eu embainhei minha rapieira e o goblin se afastou com imensa velocidade.
Você: (Ele está tão machucado que provavelmente não voltará para lutar novamente.)
Ray: Ei, Lily, você o matou?
Você: Huh!? Uh, sim, é claro.
Ethan: Eles são carinhas ágeis. Eu estou impressionado, Lily.
Você: Seu elogio fez eu me sentir um pouco culpada.
Ethan: Agora que nós matamos todos os goblins, podemos voltar à estrada.
Ray: Droga. Que desperdício de magia perfeitamente boa.
Ethan: Foi um bom exercício.
Ray: Eu não gosto de desperdiçar.
Você: Ray e Ethan andaram, rindo.
Você: Oh, esperem por mim...
Você: Eu disse, andando atrás deles. Então eu senti uma presença atrás de mim.
Você: (O que é esse barulho?... Passos?)
Esmaga, esmaga.
Você: Os barulhos ficaram mais altos ao se aproximarem de mim.
Você: Huh...?
Você: Eu virei... E vi o goblin que eu tinha liberado mais cedo, com um exército ainda maior que o último, balançando galhos a mim.
Você: Ah!?
Você: Eu não podia respirar ou me mover em terror.
Você: Ah-ah...
Você: Notando meu estado paralisado, os goblins prepararam-se para correr pra matar.
Você: (Eles vão me matar...!)
Estel: Lily! Se abaixe!!
Você: Ao comando de Estel, meu corpo caiu, como se em um transe. Então eu vi o inteiro exército goblin varrido para longe em um tornado.
Você: C-como isso...
Estel: Eu pedi ajuda aos Espíritos do Vento.
Você: (Oh, nossa...)
Estel: Os espíritos os carregarão para longe...!
Você: Bem quando ele comandou, o vento carregou os goblins para fora de vista.
Você: (Eu sabia que elfos podiam chamar as forças da natureza, mas eu não tinha ideia que eles podiam fazer tudo isso...)
Estel: Lily! Você está machucada?
Você: Oh, um, não. Eu estou bem...
Estel: Que alívio...
Você: Estel suspirou em alívio. Então imediatamente me encarou furioso.
Estel: Por que você deixou aquele goblin viver!?
Você: Um... P-porque eu...
Estel: Se você tivesse o matado, ele não teria trazido reforços!
Você: !
Estel: Entre os espíritos, goblins são os mais cruéis, especialmente com humanos. Se você não os matar, eles matarão você!
Você: A voz incomumente apaixonada de Estel mandou arrepios por minha espinha.
Você: ... Eu sinto muito!
Estel: Você teve sorte que eu estava perto dessa vez... Mas eu não estarei perto de você pra sempre...!
Você: Eu arfei quando ouvi o tom repentinamente lúgubre de Estel.
Você: Você não quer mais estar perto de mim?
Estel: ... ... Depois de terminarmos essa missão, eu voltarei à Vila Elfa.
Você: Para sempre? Você não vai nem mesmo vir me visitar? Essa missão será isso para nós!?
Estel: ...
Você: Estel olhou para baixo em silêncio. Logo então, Ethan e Ray voltaram.
Ethan: Nós ouvimos um barulho realmente poderoso...
Estel: Os goblins restantes voltaram.
Ray: Whoa, havia mais deles?
Estel: Não se preocupe. Eu os derrotei.
Ethan: Bem, isso é bom... Mas por que você não nos chamou?
Ray: Calma, aí, eu não teria ajudado.
Ethan: Nem mesmo depois de ele ter nos ajudado?
Ray: ... Humph!
Estel: Derrotá-los eu mesmo era mais rápido que chamar por ajuda.
Ethan: Bem, eu estou feliz que vocês dois estão seguros. Lily, você está machucada?
Você: ... E-eu estou bem. Estel me salvou bem na hora.
Ethan: E foi! Então muito bem. Vamos.
Você: Ethan e Ray tomaram a liderança novamente. Eu andei atrás deles com pés pesados.
Você: (Eu não mais verei Estel...)
Você: Esse pensamento envolveu meu coração em uma sombra escura.
Estel: ... Lily, você ainda está chateada?
Você: ... Eu sinto muito.
Estel: Esqueça, está no passado agora. Apenas me prometa que nunca fará isso de novo.
Você: Certo... Eu prometo.
Você: Uma brisa gelada varreu entre nós.
Você: ...
Estel: ...
Você: Nós andamos os próximos segundos em silêncio.
Você: (Eu preciso dizer alguma coisa...)
Você: Estel, eu...!
Você: Estel levemente balançou sua cabeça, impedindo-me de dizer mais.
Estel: Lily, não diga mais nada.
Você: Estel...
Estel: Elfos não podem se envolver demais no mundo humano. Há uma lei entre elfos que me proíbe de ficar com você por muito tempo.
Você: Há uma lei?... Mas, por quê?
Estel: Nós elfos vivemos em harmonia com a natureza. Se nós habitarmos entre os humanos, eles tomarão vantagem de nosso poder.
Você: Mas... Eu nunca faria isso.
Estel: Mesmo assim, é algo que minha vila decidiu.
-A lei não pode ser mudada?
-Você está preso à lei?
A resposta “A lei não pode ser mudada?” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Mas a lei não pode ser mudada? Contanto que nós possamos mostrar a eles que nem todos os humanos são ruins...
Estel: Impossível.
Você: Mas, Estel...
Estel: Acredite em mim, eu mudaria a lei se eu pudesse. Mas... Nós elfos fomos enganados e usados pelos humanos uma vez antes. Nós não podemos facilmente esquecer o passado.
Você: O rosto de Estel estava nublado com dor.
Você: Elfos e humanos podem nunca chegar a um entendimento?
Estel: Provavelmente não.
Você: Por favor... Não desista assim. Você e eu somos...!
Você: Estel rapidamente fechou meus lábios com um dedo. Mesmo numa hora como essa, a suavidade de seu toque fez meu coração planar.
Estel: Se apenas todos os humanos fossem puros e gentis como você, Lily.
Você: Estel...
Estel: Mas eu não posso te deixar entrar a menos que eu deixe todos os humanos entrarem.
Você: As palavras de Estel cortaram por meu coração como uma espada.
Estel: É por isso que... eu não posso me aproximar mais de você, Lily.
Você: Por favor... não...
Estel: Nós sabíamos disso desde o começo. Não há nada para se desesperar.
Você: Mas eu... Eu não aceito isso...
Estel: Independentemente, não pode ser.
Você: Estel se afastou, relutante em ouvir o que mais eu tinha para dizer.
Você: (Elfos e humanos realmente estão condenados a ficarem separados para sempre? Quando essa missão acabar, eu nunca verei Estel novamente? Eu não quero isso, Estel. Eu não posso... Eu apenas não posso aceitar isso...!)
Você: O sentimento era incômodo, doloroso, e triste. Uma onda de emoções me atingiu. Eu engasguei lágrimas e mordi meu lábio trêmulo.
Você: (Estel, seu idiota... Eu entendo... Estel não fez nada errado... Mas... Se ele sabia que tinha que me empurrar pra longe tão friamente, por que ele era tão gentil comigo em primeiro lugar?)
Você: Eu precisava continuar. Recuperar Excalibur era minha função. Mas uma vez que essa missão terminasse, eu nunca veria Estel novamente. Cada passo que eu tomava para frente me levava mais e mais longe de Estel. Eu mantive meus olhos na parte de trás da cabeça de Estel enquanto andava com pés de chumbo.

Carta do Capítulo 5
DE: Estel
PARA: Lily
ASSUNTO: A missão continua
Eu disse que eu não queria que humanos se intrometessem, mas eu terminarei essa missão com você. Eu devo a você e a Rainha. E os anciãos permitiram isso também. Embora apenas até a missão acabar.
Esse é o fim do capítulo 5. Até a próxima! :)

Comentários

  1. PfV, faz a tradução de "my lovely cat" é jogo da genius só que nao te tradução ainda ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OK, farei os preparativos! Ele virá depois de [SWD] Love Tangle: Timo e Paul. :)

      Excluir

Postar um comentário

Mais Vistas ♥