[SWD] Magic Sword: Estel (capítulo 6)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Magic Sword. Espero que gostem! :)

Estel (História Principal) – Capítulo 6

Você: Uma vez que saímos da floresta, os raios de sol nos perfuraram.
Você: Uau, está tão brilhante...!
Ethan: Que tempo adorável!
Você: Com certeza! É tão quente.
Ethan: Isso será legal e refrescante depois de nossa longa viagem pelo bosque.
Você: Ethan esticou ambos os braços na direção da luz solar. Ao lado dele, até Ray parecia agradado.
Ray: Finalmente fora daquela floresta úmida, fria e deprimente.
Você: Era um pouco escura, mas certamente não deprimente?
Ray: Eu desgosto de lugares úmidos.
Você: Deve você ser sempre tão negativo... Estel, você gosta do clima?
Estel: ... Sim.
Você: Banhar-se em luz solar deve ser importante para sua espécie.
Estel: A luz solar é uma bênção estimulante da Natureza.
Você: A Natureza certamente nos abençoa com tanto todo dia. Nos realmente precisamos agradecer a Ela.
Estel: ... Sim, nós precisamos.
Você: A conversa parou abruptamente aí.
Você: (O-o que eu devo fazer? Eu preciso falar alguma coisa.)
Você: Mas nenhuma palavra veio a mim. E isso foi porque...
Estel: É por isso que... eu não posso me aproximar mais de você, Lily.
Você: Por favor... não...
Estel: Nós sabíamos disso desde o começo. Não há nada para se desesperar.
Você: A conversa que eu tive com Estel dias atrás tinha girado em minha mente misturada.
Você: (Eu não quero que Estel me deixe. Eu quero ficar com ele para sempre...)
Você: Esse desejo crescia mais e mais forte cada dia em meu coração.
Você: (Eu não posso mais suprimir meus sentimentos. Mas... Como Estel se sente sobre mim?)
Você: Eu olhei para Estel, esperando por uma resposta. Meu olhar encontrou o dele.
Você: Ah...!
Você: Nervosa, eu virei minha cabeça.
Estel: Lily. Você estava me encarando?
-Não, eu não estava.
-Sim, eu sinto muito.
A resposta “Sim, eu sinto muito” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Sim... Eu sinto muito.
Estel: Não precisa se desculpar. Mas... Se você tem um problema comigo, eu gostaria de saber.
Você: Não, não há problema, realmente.
Estel: Então por que você estava me encarando?
Você: Bem... Porque...
Você: (A verdade é muito constrangedora.)
Estel: Lily, diga-me.
Você: Bem... Não é nada importante, realmente... Na verdade, não...
Você: Quando eu desesperadamente tentei pensar numa desculpa, Estel repentinamente tocou minha cabeça.
Você: Huh...!?
Você: Seu toque fez meu coração gritar.
Estel: ... Abaixe.
Você: Abaixe? O que você...
Estel: Não pergunte por quê!
Você: Estel empurrou minha cabeça para o chão. Então, no próximo instante...
???: Waaah!
Você: Uma sombra voou sobre nós, guinchando alto.
Você: Ah! É-é tão rápido... Eu completamente o perdi.
Estel: Isso foi... Um luff.
Você: O quê...!? Você quer dizer, o pássaro gigante?
Estel: Sim. Eles normalmente deixam os humanos em paz...
Você: Como se para caçoar das palavras de Estel, o luff voou sobre nós mais uma vez.
Você: É-é tão grande...
Você: Meus joelhos tremeram à visão do pássaro – ele era do tamanho de uma casa.
Ethan: Lily! Estel!
Você: Ethan, isso é um...
Ethan: Isso é ruim. Ele mirou em nós.
Estel: Mas por que um luff iria nos atacar?... Talvez seu ecossistema foi perturbado.
Ethan: Isso é inteiramente possível. Eles normalmente predam elefantes, e eles estiveram morrendo recentemente.
Estel: Então as práticas de caça do homem agora fizeram do homem a presa. Irônico.
Ethan: Suas palavras me humilham. Mas nós precisamos encontrar um jeito de resolver essa situação agora mesmo.
Você: Ethan puxou sua espada.
Ethan: Vou entrar...!
Você: Ethan soltou um grito de batalha e correu na direção do luff.
Ethan: Hahhhhh...!!
Você: A espada de Ethan cortou pelo ar. Mas as asas gigantes do luff mexeram uma brisa que a defletiu.
Ethan: Ngh!
Você: O corpo de Ethan voou pra longe como papel.
Você: (Um ataque simples não é nada contra um pássaro de 60 pés de altura.)
Você: O luff virou para mim e sacou suas garras afiadas.
Você: Ah!
Você: Eu tateei por minha rapieira, mas tinha pouca força.
Você: Ah...!
Você: Minha rapieira foi soprada pro lado. As garras do luff vieram a mim.
Estel: Lily!
Você: Estel gritou meu nome quando criou uma parede de vento ao meu redor.
Estel: Você está bem?
Você: S-sim, eu acho que sim.
Estel: Nem os do Ethan nem os seus ataques tiveram quaisquer efeitos contra ele. Deixe comigo.
Você: Mas, Estel, você não pode fazer isso sozinho...
Estel: Eu juro que protegerei você, Lily.
Você: Estel levantou à minha frente e sacou seu arco. Ele liberou a parede de vento e deixou sua flecha voar ao luff.
Rukh: Squaaaawk!
Você: Você o pegou!
Estel: Nós não estamos salvos ainda!
Você: Estel atirou flecha após flecha.
Você: (Estel com certeza é poderoso.)
Você: As flechas tinham acertado todo o luff, mas pareceram não ter efeito.
Rukh: Squawwwk!
Você: O luff levantou um grito estridente e bateu suas asas massivas. Esse movimento causou um redemoinho de vento ao nosso redor.
Estel: O Vento é meu guardião...!
Você: Estel assobiou e mandou o redemoinho voando na direção do luff. Mas o luff bateu suas asas e dissipou o vento.
Você: Ele é tão poderoso...! Por favor, Estel! Nós precisamos recuar. É perigoso demais.
Estel: Eu ainda não terminei!
Você: Estel levantou um grito de guerra e atirou faca após faca ao luff. E quando terminaram suas facas, ele barbaramente atirou flecha após flecha.
Você: (Estel é normalmente tão calmo quando luta... Isso é por minha causa...?)
Você: Ver esse outro lado de Estel fez meu coração bater forte.
Você: (Mas eu não posso mais deixá-lo se pôr em perigo.)
Você: Estel, por favor, recue.
Estel: Eu não posso! Eu não posso colocar você em perigo. Eu vou segurá-lo. Você foge!
Você: Mas e você?
Estel: Eu voarei ao peito do luff e mirarei em seu coração.
Você: Mas isso é muito imprudente!
Estel: Mas é o único jeito...
Você: Um punho caiu na cabeça gritante de Estel.
Conk.
Ray: Por que esse cara está agindo tão fora do personagem?
Estel: Ray...
Ray: Não pule pra morte sozinho.
Estel: Cale-se e me deixe em paz!
Ray: Se fosse por mim, eu alegremente faria isso. Mas se eu te deixar morrer, não serei capaz de dormir à noite.
Você: Inúmeras bolas de fogo se atiraram da bengala de Ray.
Ray: Então eu suponho que é melhor eu te ajudar.
Você: Logo então Ethan retornou também.
Ethan: Estel, eu vou te dar cobertura. Para que você e Ray possam focar em atacar o luff.
Estel: ...
Você: Estel, confie em seus amigos.
Estel: Amigos...
Você: Isso mesmo. Nós somos todos seus amigos nessa missão.
Ethan: Sim, ela está certa!
Ray: ... Bem, eu vou deixá-la colocar assim se ela quer.
Você: Estel olhou aos rostos de Ethan e Ray em confusão. Finalmente, ele olhou para mim.
Estel: Muito bem... Eu confio em todos vocês.
Você: Estel...! Obrigada!
Ethan: Estel, por aqui.
Você: Ethan se separou de Estel e Ray para dar cobertura a eles. O luff pegou grandes rochas e as arremessou em nossa direção.
Ethan: Droga, que pássaro maluco! Lily, não ouse sair do meu lado!
Você: N-não, senhor!
Ethan: Desculpe, mas eu não estou com vontade de morrer hoje!
Você: Batendo suas asas massivas, o luff focou sua energia em Ethan e eu. Suas pernas grossas arremessaram as pedras pesadas em nós...!
Ethan: Lily...!
Você: Ethan se jogou ao chão e me puxou pela cintura. As rochas enormes caíram com altos estrondos logo ao lado de nossos rostos.
Ethan: Você está bem!?
Você: Sim! Milagrosamente...!
Você: Entre a poeira rodopiante, Ethan se levantou num pulo.
Ethan: Ray! Estel! O resto é com vocês!
Ray: Certo. Você tá pronto?
Estel: Sim...
Você: Nem mesmo esperando pela resposta de Estel, Ray mandou chamas voando ao luff.
Ray: Espero que você goste do meu fogo.
Você: Ray desenhou um símbolo mágico no céu com seu cajado e soltou bola de fogo após bola de fogo.
Você: (Esses dois realmente ficarão bem trabalhando juntos...?)
Você: Minha ansiedade durou apenas um segundo. O cajado de Ray habilidosamente desenhou um símbolo mágico no ar. O símbolo tomou luz e chamas rugiram de seu centro. E como se os dois tivessem planejado, Estel mandou os ventos na direção do fogo de Ray.
Você: (Não faça isso, o fogo será apagado...!)
Você: Ou eu pensei...
Rukh: Squaaaaawk!
Você: O fogo ficou maior e mais poderoso pelo vento, circulando e virando um tornado feroz. O tornado pareceu queimar o céu enquanto engolia o corpo do luff por inteiro. O calor do violento turbilhão feroz alcançou todo o caminho até onde eu estava no chão.
Ray: Não acabou ainda...!
Estel: Ray!
Ray: É... Deixe-o voar!
Você: Flechas ferozes partiram junto aos ventos que Estel tinha conjurado. Com imensa velocidade, elas perfuraram todo o luff.
Rukh: Squawwwwk!
Você: O luff guinchou um grito de morte ao cair no chão. O pássaro gigante se contorceu nas chamas por um tempo até finalmente ficar parado.
Você: E-ele está morto...?
Ray: Bem, eu suponho que sim.
Estel: Sim.
Você: Ray e Estel trocaram sorrisos audaciosos. Então eles apertaram as mãos firmemente.
Você: (Eu não posso acreditar – eles odeiam a coragem um do outro...!)
Ethan: Tomou ambas a magia de Ray e as forças da natureza de Estel. Seus poderes se fundiram e derrotaram o luff!
Ray: Parece que nós não precisávamos de você afinal, Ethan.
Estel: Sim. Tudo que você fez foi cair.
Ethan: I-isso não é verdade! Eu dei cobertura pra vocês!
Ray: Você só foi jogado ao nosso lado. E você tomou vantagem da situação e agarrou Lily ao redor da cintura.
Estel: Sim. Ethan parece mais inofensivo que você, Ray, mas ele é um adversário formidável.
Ethan: Vocês dois não estão sendo um pouco duros demais comigo!?
Estel: Suas reações são tão divertidas... Desculpe?
Ethan: Desculpe, meu pé!
Ray: Estel, quando ele fica assim, é divertido forçá-lo ainda mais.
Estel: Eu concordo.
Ethan: Parem de se unir pra me caçoar!
Você: Os três homens bateram energeticamente um ao outro. Eu não pude evitar sorrir ao observar.
Você: (Finalmente parece que somos todos amigos.)
Você: Estel agarrou minha mão.
Estel: Nós devemos tudo a você, Lily.
Você: Huh? Mas eu não...
Estel: Você me fez aprender a confiar neles. Se nós três não tivéssemos juntado forças, aquele luff teria matado todos nós.
Você: Estel...
Estel: Obrigado.
Você: Não, eu deveria estar agradecendo você.
Você: Eu dei à mão de Estel um gentil aperto.
Você: Obrigada por me proteger. E obrigada por confiar em nossos amigos.
Estel: Lily...
Você: Um sorriso preencheu o rosto de Estel. Seus olhos gentis fizeram meu coração cantar. Ele apertou minha mão de volta fortemente.
Estel: Lily, seu rosto está vermelho.
Você: Oh...! I-isso não é o que...
Estel: Você é realmente linda assim.
Você: A mão direita de Estel tocou meu queixo e levantou meu rosto para o dele.
Você: (Estel...)
Ray: Bem? Quando vocês dois vão finalmente se beijar?
Você: R-Ray!? De onde isso veio!?
Ray: Não é uma sugestão louca – pareceu que ele estava indo te beijar.
Você: E-ele não estava...
Estel: Talvez eu estivesse.
Você: Estel!?
Estel: Só brincando.
Você: (Se você está só brincando, por que seus olhos estão tão sérios...)
Você: Meus ombros caíram. Ray chegou de mansinho em minha orelha e sussurrou.
Ray: Aposto que você queria beijá-lo, eh?
Você: Huh!?
Ray: Você é fácil de ler.
Você: Bem quando ele disse isso, meu rosto ficou vermelho. Então Ethan espiou meu rosto.
Ethan: Seu rosto está bem vermelho. Você está cansada?
Você: E-eu estou bem!
Ethan: Tem certeza? Você não tem que fingir ao meu favor.
Você: Eu estou bem, sério!
Você: Enquanto eu tentava fazer desculpas, Ray sorriu par mim de longe.
Você: (Ray, pare de me provocar!)
Você: Bem quando eu estava prestes a falar isso em voz alta, Estel tocou meus ombros por trás.
Estel: Se você está cansada, eu posso te carregar para a próxima cidade.
Você: O quê!?
Ethan: Essa é uma boa ideia. Mas, Estel, você é forte o suficiente pra isso?
Estel: Eu sou perfeitamente capaz.
Ethan: Não, você vai quebrar como um galho. Não se preocupe, eu posso carregá-la.
Estel: Eu vou carregá-la.
Você: Estel se zangou e içou-me pelos ombros.
Você: Uh, espere um minuto. Ray, pare-os!
Você: Ray ignorou meu suplico e sorriu como se estivesse assistindo um ato de circo.
Você: (O-o que eu deveria fazer?)
­-Pare Estel.
-Pare Ethan.
A escolha “Pare Estel” dá pontos de romance com o Estel.
Você: (É melhor eu parar Ethan.)
Você: Eu virei para encarar Ethan.
Você: Ethan, eu realmente estou bem. Você não precisa me carregar.
Ethan: Oh, sério?
Estel: Eu não teria me importado em te carregar, de qualquer maneira.
Você: O mesmo para você, Estel. Eu não preciso ser carregada.
Você: Ethan assentiu em entendimento. Mas Estel pareceu um pouco desapontado.
Ray: Ei, nós podemos terminar essa conversa inútil e ir?
Você: Oh-ok.
Estel: Não era inútil.
Ray: Você só queria uma desculpa pra segurá-la. E se você realmente se sente assim, você deveria só agarrá-la e vê-la se contorcer.
Estel: Sim... Você pode estar certo. Deixo com você, Ray, para vir com um esquema sem escrúpulos.
Ray: Hahaha, eu não preciso da sua admiração.
Você: Os conteúdos da conversa não eram amigáveis, mas Estel e Ray conversaram como se fossem amigos.
Você: (Aquela luta de agora deve tê-los unido.)
Você: Eu não pude evitar sorrir ao perceber isso...
Ethan: Lily, se apresse, vamos!
Ray: Se você parar por mais tempo, nós vamos te deixar pra trás.
Estel: Tem certeza que você não quer que eu te carregue, Lily?
Você: Sim, eu tenho certeza. Vamos!
Você: Com um sorriso em meu rosto, eu apontei na direção de nosso destino.

Carta do Capítulo 6
DE: Estel
PARA: Lily
ASSUNTO: Eu quero te segurar.
Então eu nunca consegui te segurar... Que pena. Mas se você estiver cansada, por favor, me diga. Eu vou alegremente te carregar desta vez. Eu sou perfeitamente forte o suficiente para fazer isso.

Esse é o fim do capítulo 6. Até a próxima! :)

Comentários

Mais Vistas ♥