[SWD] Magic Sword: Estel (capítulo 9)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Magic Sword. Espero que gostem! :)

Estel (História Principal) – Capítulo 9

Você: (Eu queria poder beijar Estel assim para sempre...)
Você: Uma tossida me puxou de meu devaneio.
Ethan: A-hem!
Ray: Ooooh, sensual.
Você: Nervosa, eu me empurrei para longe de Estel ao som das vozes deles.
Ethan: Honestamente, crianças! Vocês não têm vergonha ou decência?
Ray: É muito cedo de manhã.
Você: Um, bem...
Você: O rosto de Estel estava calmo ao lado de meu rosto ansioso.
Estel: Eu não posso permitir que meu amor seja limitado.
Ethan: Essa não é desculpa pra beijar em público! Você precisa ser mais respeitável!
Você: Eu instantaneamente curvei minha cabeça em desculpas. Ethan estava certo.
Você: Eu sinto muito. Não acontecerá novamente.
Ethan: Contanto que você entenda. Agora, é hora de partir.
Você: Enquanto andamos em silêncio, Estel puxou minha manga.
Estel: Isso significa que você não vai mais me beijar?
Você: Eu não acho que isso é possível...
Estel: Então deixe eu te beijar agora.
Você: Eu corei mais uma vez ao ver o sorriso flerteiro de Estel. Fazia vários dias desde que tínhamos saído da cidade...
Você: Excalibur está lá...
Você: Eu cerrei meus punhos ao ver o elevado castelo.
Ethan: Certamente foi surpreendente que esse castelo era o verdadeiro castelo.
Você: Sim, que o castelo de que fomos ditos era um falso...
Você: Por fora, o castelo pareceu o mesmo que Camelot, mas sua localização era completamente diferente.
Ethan: E até mesmo os cidadãos aqui foram enganados. O inimigo certamente foi meticuloso.
Ray: Merlin tem o crédito por isso. Aquela mulher ama truques baratos – eu não estou surpreso por isso.
Você: Ray, você conhece Merlin?
Ray: ... Não particularmente. Embora eu geralmente saiba de outras feiticeiras.
Você: É verdade, Merlin é uma feiticeira, como você.
Você: Ray assentiu e olhou o castelo.
Ray: O castelo falso deve ter sido para proteger a vida e o ouro de Rei Arthur.
Ethan: Eles não precisavam ter feito isso. Rei Arthur é forte o suficiente por si mesmo.
Ray: Um não pode ser cuidadoso demais, no entanto, não?
Você: E se nós não tivéssemos sido cautelosos, nós teríamos sido enganados.
Você: Eu mandei meu olhar a Estel.
Você: Nós devemos nossos agradecimentos a Trent.
Estel: Sim, nós devemos. Eu terei certeza de agradecer a Ele.
Você: Quando isso acabar... Se nós pegarmos Excalibur, eu preciso ir pessoalmente agradecer a Ele.
Estel: Comigo ao seu lado.
Você: Sim, obrigada.
Você: Nós olhamos nos olhos um do outro e sorrimos.
Ray: Ei, não comecem a beijar de novo agora.
Você: N-nós não íamos nos beijar!
Estel: Nós estávamos apenas conversando.
Ray: Suas auras estavam beijando. Droga, se vocês devem continuar desse jeito, façam em privado.
Você: D-desculpe...
Você: Eu me encontrei pedindo desculpas.
Estel: Se você quer que nós fiquemos em privado, Ray, então vire pro outro lado.
Ray: Por que eu devo acomodar você?
Estel: Por que eu devo acomodar você?
Ray: Você ousa repetir minhas palavras pra caçoar de mim!
Você: (Depois de termos vindo todo esse caminho, eles ainda estão brigando!?)
Estel: ... Pff!
Você: Minha ansiedade foi por maldade. Ray e Estel olharam um ao outro e riram.
Ray: Haha! Droga, eu admiro sua coragem.
Estel: Eu admiro sua linguagem obscena.
Ray: Eu nasci assim.
Você: (Bom. Eles não estavam realmente brigando...)
Você: Eu pesei um cansado suspiro de alívio.
Ethan: Lily. Você não precisa mais se preocupar com esses dois.
Você: Como você sabe?
Estel: Homens são criaturas misteriosas. Os inimigos de ontem se tornam os amigos de amanhã. Uma vez que dois homens estiveram francamente abertos um com o outro... Por toda sua discussão, eles entenderão um ao outro. E eles irão se apressar em se compensarem.
Você: Que interessante...
Ethan: Eu acho que isso é algo que apenas homens entenderiam.
Você: ... Apenas homens entenderiam.
Você: (Eu não posso evitar me sentir um pouco deixada de fora. Mas eu verdadeiramente estou grata que Ray e Estel são amigos agora. Com esses três homens ao meu lado, eu sei que iremos recuperar Excalibur.)
Você: Esse sentimento ficou mais forte dentro de mim. E então... Um sorriso facilmente vagueou em meu rosto. Estel percebeu.
Estel: O que é isso, Lily? Por que você está sorrindo tão pacificamente antes de uma luta?
-Eu acho que venceremos.
-Eu estou feliz que somos amigos.
A resposta “Eu acho que nós venceremos” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Eu apenas tenho a sensação que nós venceremos.
Estel: É claro que nós venceremos. Eu não tenho intenção de perder.
Você: Hmhm, que forte garantia.
Estel: Ethan e Ray podem ser fortes. Mas eu sou ainda mais forte. Porque eu tenho você, Lily.
Você: Estel sorriu docemente e suavemente esfregou minha bochecha. Eu sorri de volta docemente a ele.
Estel: Nós iremos recuperar Excalibur. Para você e para nosso futuro.
Você: Sim, nós iremos!
Você: (E para atravessar a barreira dos elfos e humanos... Nós devemos recuperar Excalibur de Rei Arthur...!)
Você: Quando eu fortifiquei minha decisão e foquei na tarefa à mão, Ray falou.
Ray: É hora de ir.
Você: Eu concordo com você... Mas certamente não um ataque frontal?
Ray: É nossa única escolha.
Você: Sim, mas é perigoso demais.
Ray: Ei, quem você vê de pé diante de você?
Você: Hm? Eu vejo você, Ray...
Ray: Você deveria estar apavorada pelo o que vê.
Você: Ray sorriu maldosamente e empurrou seu cajado no céu.
Ray: Hora de ir dormir.
Você: Um orbe em forma de bolha escapou do cajado e voou na direção dos guardas.
Porteiro 1: O-o que é isso!?
Porteiro 2: Nós devemos soar... o... alar... mmm, tão sonolento...
Você: Os guardas tombaram no lugar, profundamente em sono.
Você: Eles estão adormecidos...
Ray: Não se esqueça, eu posso lançar outros feitiços além de fogo.
Estel: Bom ver você sendo útil, Ray.
Ray: Eu amaria dar uma réplica inteligente... Mas, se apressem! Nós devemos entrar.
Estel: Sim, essa é nossa chance. Vamos, Lily.
Você: Sim...!
Você: Ethan assentiu e todos nós corremos ao castelo.
Guarda 1: Intrusos no castelo!
Estel: O quê!? Eles já perceberam!?
Você: Mas os guardas adormecidos não poderiam ter soado o alarme...
Ethan: Nós nos preocuparemos com isso mais tarde! Lily, Estel! Vocês dois se apressem na frente!
Você: Huh!?...
Ray: Nós os seguraremos aqui.
Você: Ray e Ethan pularam para frente para atacar os guardas sentinelas.
Ethan: Sua esgrima não é párea pra minha!
Você: Ethan desviou a espada do sentinela e empurrou para baixo com força com sua espada.
Ray: Droga, eles continuam enxameando como formigas. Vamos ver como eles gostam do meu fogo!
Você: Ray virou seu cajado ao seu lado e atirou inúmeras bolas de fogo aos guardas.
Ethan: Apresse-se, Lily!
Você: Mas nós não podemos deixar você dois...
Ray: Sem reclamações! Você apenas ficaria no nosso caminho!
Você: O qu-!
Ray: Além disso, recuperar Excalibur é seu dever, não nosso.
Ethan: Nós somos inteiramente capazes aqui. Vá, Lily.
Você: Ray, Ethan...
Você: (Eu não posso deixar o sacrifício deles ser desperdiçado.)
Você: Eu apertei meus punhos e virei minhas costas a eles.
Você: Ethan, Ray, por favor, fiquem salvos... Eu verei vocês novamente quando isso acabar.
Ray: É claro que você vai.
Ethan: Nós iremos nos encontrar novamente...! Estel, cuide de Lily por nós!
Você: Estel assentiu e correu comigo na direção do castelo.
Você: Esse é a sala do trono...
Você: Depois de derrotarmos os guardas e entrarmos na sala do trono, o ar estava estranhamente quieto.
Você: (Isso não está certo... Por que Rei Arthur não está aqui?)
Você: Nós apreensivamente andamos em frente.
Estel: Certamente está quieto...
Você: Pode ser que esse castelo também é falso?
Estel: Não, eu altamente duvido disso.
Você: Então, ele escapou, de algum modo sabendo que nós estávamos vindo?...
Você: Estel parou minha pergunta murmurada com um firme toque em meu braço.
Estel: Lily, fique atrás. Eu sinto uma presença má.
Você: Huh? Mas Estel...
???: Elfos certamente têm narizes experientes.
Você: Nós viramos a voz repentina. E vimos...
Merlin: Há quanto tempo, Princesa de Theodore.
Você: Merlin...!
Você: Merlin segurou um cajado em uma mão, Excalibur na outra.
Merlin: Eu elogio você por encontrar esse castelo.
Você: Onde está Rei Arthur!? Devolva Excalibur de uma vez!
Merlin: Eu não posso permitir que Arthur veja seus tipos. E Excalibur pertence ao meu reino, não ao seu.
Você: Não, Excalibur pertence a Theodore!
Estel: Até mesmo Trent nomeou Lily como a verdadeira guardiã de Excalibur.
Merlin: Divagações loucas de um espírito senil.
Estel: O que você disse!?
Você: Eu agarrei a bainha da túnica de Estel, sentindo seu desejo de lutar.
Estel: Lily!? Solte-me!
-Não agora.
-Eu tenho um plano.
A escolha “Eu tenho um plano” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Eu entendo como você se sente, mas deixe-me cuidar disso. Eu tenho um plano.
Estel: Mas, Lily...!
Você: Por favor... Eu não quero mais derramamento de sangue.
Estel: ... Lily, mesmo numa hora dessas, você é tão gentil. ... Muito bem. Eu confio em você. Mas por favor, não faça nada imprudente.
Você: Sim, eu sei.
Estel: Prometa-me.
Você: Eu assenti e encarei Merlin.
Você: Eu comando a você, Merlin! Devolva Excalibur a mim de uma vez!
Merlin: Eu recuso! Com essa espada, Rei Arthur pode partir montanhas.
Você: O rosto de Merlin se nublou com loucura.
Merlin: Sim... Meu Arthur é o verdadeiro Rei do mundo. Aqueles que ousam se opor a ele encontrarão sua destruição.
Você: Os olhos furiosos de Merlin encararam nos meus.
Merlin: Sim... É por isso que eu roubei Excalibur. Essa espada pertence a Arthur, não Theodore.
Você: Então você admite livremente tê-la roubado.
Merlin: Silêncio, tola! Eu não permitirei você se engraçar com Arthur também! Arthur precisa de apenas uma mulher ao seu lado, e essa mulher sou eu!
Você: Merlin levantou Excalibur ao teto. Atrás dela, ela desenhou um feitiço mágico.
Estel: Lily, atrás de mim.
Você: Merlin, o que você está...!
Você: A sala preencheu-se com luz, obstruindo minhas palavras... Até que gradualmente a luz convergiu. Onde a luz tinha parado, um dragão vermelho emergiu.
Você: O qu-...! Ela usou os poderes de Excalibur para invocar um dragão!?
Estel: Eu nunca vi tal magia.
Merlin: Que afortunado de vocês morrerem pela mão de sua própria magia!
Você: Merlin balançou seu braço e o dragão vermelho voou a nós.
Estel: Lily, não deixe meu lado.
Você: Estel levantou seu arco e atirou flecha após flecha. O Dragão Vermelho tremeu ao ataque surpresa.
Você: Não esqueça que eu estou aqui para você.
Você: Eu disse, levantando minha rapieira ao Dragão Vermelho.
Merlin: Hmhm, você honestamente acha que seus ataques têm mérito!?
Você: Merlin abaixou sua mão e o Dragão Vermelho loucamente estendeu suas garras afiadas.
Estel: Ah! Lily, cuidado!
Você: Estel pulou na minha frente e foi afastado pelas garras do Dragão Vermelho.
Estel: Gah!
Você: Estel!
Estel: Não terminou ainda...!
Você: Estel, você está bem? Deixe-me cuidar de sua ferida...
Estel: Obrigado, mas isso é apenas um arranhão. Além disso, eu tenho um plano.
Você: Estel levantou e atirou outra flecha. Mas o Dragão Vermelho a afastou com suas pernas frontais. Exatamente o que Estel queria.
Estel: Agora você é meu.
Você: Estel assobiou e hera cresceu da flecha. A hera se amarrou ao redor das pernas do Dragão Vermelho e o prendeu instantaneamente.
Você: O que você fez?
Estel: Eu peguei emprestados os poderes do Espírito da Árvore. Aquela flecha foi talhada de Sua árvore.
Você: Incrível...! Apenas você poderia imaginar algo assim, Estel!
Estel: A luta real está longe de acabar.
Você: Bem quando Estel disse isso, um vento foi conjurado ao nosso redor.
Dragão vermelho: Rugidooo!
Você: O vendaval gemeu e voou ao dragão. O vento se formou em um monstro transparente com centenas de afiadas garras pequenas, paralisando o dragão.
Estel: Desculpe, mas agora você deve morrer!
Você: Estel atirou flechas de água em espiral ao agora preso dragão. A água desenhou um arco e perfurou o peito do Dragão Vermelho.
Dragão vermelho: Rugidoooo!
Você: O Dragão Vermelho soltou seu grito final e caiu no chão. Quando o vendaval se dissipou, o Dragão Vermelho desapareceu.
Você: Você conseguiu...!
Estel: Excalibur é nossa agora.
Você: Estel agarrou Excalibur do lugar no chão onde o dragão tinha sido morto. Quando ele tocou Excalibur, ela soltou uma luz deslumbrante.
Você: O-o que foi isso?
Merlin: O-o que você fez!
Estel: Essa magia...
Você: Estel sorriu destemidamente a Excalibur.
Estel: ... Eu finalmente entendo.
Você: Estel?
Estel: Lily, eu cuidarei do resto.
Você: Estel enfiou Excalibur em seu arco.
Merlin: Ah! Você planeja atirar a espada como uma flecha? Que completamente tolo...
Estel: Deixe-me atirá-la primeiro. Então nós veremos quem é o tolo.
Merlin: Humph...!
Você: Merlin balançou seu cajado e criou uma parede na frente dela. Estel ignorou isso e puxou a espada para trás.
Merlin: Humph. Você acha que seu ataque me alcançará?
Estel: Vamos descobrir!
Você: Estel disse, soltando Excalibur como uma flecha. Excalibur partiu deixando para trás uma trilha de luz, como uma estrela cadente. Ela girou em círculos, liberando mais e mais luz... Até atingir a parede mágica.
Merlin: Humph! Como eu pensei... O-o quê!?
Você: A luz de Excalibur despedaçou a parede mágica como areia. E então...
Merlin: Ahhhhh!
Você: Excalibur perfurou o corpo de Merlin.
Merlin: Nn... nggh...
Você: V-você matou... ela?
Estel: Eu mortalmente a feri. Ela não pode levantar novamente.
Você: Mas como você sabia usar Excalibur como uma flecha?...
Estel: Eu lembrei o que Trent tinha dito.
Você: O que Ele disse?
Estel: Quando o verdadeiro mestre de Excalibur a segurar, poder verdadeiro será liberado.
Trent: Você é o único que pode liberar a magia de Excalibur. Entretanto, apenas o único que é escolhido pelo espírito pode manejar o verdadeiro poder de Excalibur.
Você: Oh...!
Você: Estel sorriu quando eu lembrei. Então ele removeu Excalibur da parede de Merlin.
Estel: Você deve dar o último golpe.
Você: Eu tomei Excalibur de Estel e encarei Merlin.
Merlin: Nn...!
Você: Merlin deita no chão, choramingando. Eu derroto Merlin aqui e tudo estará acabado.
Você: (Eu terminarei o que foi começado.)
Você: Eu me preparei e levantei Excalibur.
???: Espere!
Você: Uma voz clara badalou na sala.
Você: Por que, essa voz é...!

Carta do Capítulo 9
DE: Estel
PARA: Lily
ASSUNTO: Nós estamos quase lá.
Ao fim, a batalha por Excalibur chegou. Uma vez que essa luta terminar, eu posso ir para casa com você. Eu ficarei focado para ter certeza que isso acontecerá. Para ter certeza de nosso futuro juntos.

Esse é o fim do capítulo 9. Até a próxima! :)

Comentários

Mais Vistas ♥