Ephemeral: Shiba (Episódio 3 Romance)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Ephemeral. Perdão por essa longa ausência. Espero que gostem! :)

Episódio 3 – Dúvida
(o som de porta abrindo)
Cloé: Ufa... Estou de volta. Você estará seguro para ficar neste quarto.
Um cachorrinho: Arf!
No fim, eu não pude apenas deixá-lo na floresta, então o trouxe de volta ao meu dormitório.
Cloé: Eu não sei se posso mantê-lo em meu quarto. Acho que preciso falar sobre isso com o professor.
Um cachorrinho: Au...?
Cloé: Mas... Será um incômodo se o professor me dizer para não mantê-lo. Entretanto, eu não posso apenas mantê-lo secretamente...
Enquanto eu furiosamente pensei por uma resposta, o cachorro trotou para a cama de modo sonolento.
Cloé: Oh, sim. Eu acho que você deve se sentir cansado. A lua também começa a descer. OK! Durma comigo! Haha, faz tempo desde que dormi com outra pessoa. Eu preciso tomar cuidado para não apertar você.
Um cachorrinho: Choramingo...
Eu me senti tão feliz, e me preparei para dormir. Então, eu segurei o cachorrinho em meus braços e subi na cama.
Cloé: (É tão pequeno, mas tão quente...)
O pequeno calor em meus braços me faz sentir tão confortável.
Cloé: (O que é isso... Eu sinto que já senti esse calor antes.)
Eu tentei me lembrar, mas logo perco minha consciência para as ondas do sono. E então, eu estava adormecida antes que soubesse.
Três dias passaram —
Cloé: Suspiro... (Oh, puxa... Eu nunca pensei que isso aconteceria...)
Eu relaxei meus ombros e ando na direção da sala de aula.
Cloé: (Eu o mantive comigo nesses últimos três dias, mas ele repentinamente desapareceu... Onde o cachorrinho foi...?)
Hoje, quando eu acordei, descobri que o cachorrinho, que eu achava estar dormindo ao meu lado, tinha desaparecido. Eu procurei por meu quarto inteiro, mas ainda não pude o encontrar. Tudo o que encontrei foi a porta de meu quarto estando destrancada.
Cloé: (Eu pensei que tinha trancado minha porta como de costume... Poderia ser o cachorrinho...? Mas é pequeno demais para alcançar... Hmm... Eu o mantive um segredo, então não posso discutir isso com ninguém. O que posso fazer...?)
Cloé: Oh...
Nesse momento, eu vejo alguém que não via há muito tempo andando em minha direção.
Cloé: Shiba!
Shiba: Oh... O-oi... Há quanto tempo.
Cloé: Bom te ver! Você se transformou de volta de um lobo?
Shiba: ...sim. A lua cheia passou. A propósito, você...
Cloé: Shiba! Não fique com raiva e apenas me ouça!
Shiba: ...huh?
Cloé: Eu não sei o que fazer... você é o único com quem eu posso falar!
Shiba: O-o quê...
Cloé: Bem... na verdade... três dias atrás, na noite da lua cheia, eu entrei na floresta.
Shiba: ...
Cloé: Eu não queria entrar nela, sério! Mas, havia um cachorrinho que...
Shiba: ...um...um cachorrinho...
Cloé: Sim! Um cachorrinho... ele correu para dentro da floresta. Eu senti que era perigoso e o levei de volta comigo, mas... Se eu não manter um olho nele, eu acho que ele pode correr para a floresta novamente. Você me disse que era perigoso correr para dentro da floresta durante uma lua cheia...
Shiba: ...s-sim?
Cloé: Então, eu o levei de volta ao dormitório. Todo dia, nós dormimos juntos, comemos juntos...
Shiba: ...
Cloé: Era tão fofo! Quando eu o acaricio, ele iria se virar para me deixar ver a barriga dele. Ele também lambeu minha mão, pé, e meu rosto, ele me beijou em todo lugar.
Shiba: Beij...!? N-não, eu não beijei!
Cloé: Eh? Ele beijou. Por que você diria que ele não fez isso?
Shiba: Err... Oh, não... bem...
Cloé: O cachorrinho... nós também tomamos banhos juntos, ele estava comigo o tempo inteiro, mas... Mas quando eu acordei hoje, eu descobri que ele não estava perto de mim. Eu... Eu tentei duro para encontrá-lo, mas... Talvez ele correu para a floresta novamente... Você acha que eu deveria ir procurá-lo na floresta?
Shiba: ...
Cloé: Foi minha primeira vez passando tanto tempo com alguém além de minha avó... Ele desapareceu de repente, e isso me faz sentir que um buraco se abriu em meu coração... é uma... sensação estranha. Eu realmente quero vê-lo. Essa sensação é chamada estar “solitária”?
Shiba: ...
Cloé: Shiba? Olá... você me ouviu?
Shiba: O-o quê, sim. Estou ouvindo. Eu... acho que sim também.
Cloé: Acha que sim... o que você quer dizer?
Shiba: Quê?! Uh, um, quero dizer.. N-nós estávamos falando sobre quão fofo o cachorro é, certo?!
Cloé: Eh? Si... sim. O cachorrinho era fofo, mas...
Shiba: ...Bem, então... Quero dizer... Ei... ele realmente... beijou você?
Cloé: ...? Oh, sim. Ele lambeu meus lábios tantas vezes. É minha primeira vez beijar com outros, mas... Eu posso chamar aquilo de um primeiro beijo mesmo se meu parceiro é um cachorro?
Shiba: ...
Cloé: Shiba? Por que você está inclinando sua cabeça? Eu disse alguma coisa estranha?
Shiba: ...desculpe.
Cloé: Huh? Por que você pediu desculpas para mim?
Shiba: Oh... isso é porque... Err... Espere um segundo. Como você disse... Por que eu preciso pedir desculpas para você! Ei, Cloé!
Cloé: O qu—?!
Shiba: Você! Eu não te disse para não chegar perto daquela floresta?
Cloé: Eu... Eu sinto muito... Mas eu me preocupei que alguma coisa poderia acontecer com o cachorrinho se eu não fosse atrás dele. Eu pensei que seria provavelmente atacado pelos lobos...
Shiba: Não, ele não irá. Não subestime.
Cloé: ...? Mas... é um cachorrinho...
Shiba: M... Mesmo apenas um cachorrinho, você não deveria o subestimar!
Cloé: ...? Eu estou realmente preocupada com ele. Ele pode ir para a floresta novamente, certo? Eu... Eu quero ir para a floresta novamente para encontrá-lo...!
Shiba: Espere! Está tudo bem. Não vá.
Cloé: Por quê?
Shiba: Mesmo se você for lá, ele não estará lá. Suspiro... Depois de tudo o que eu te disse sobre a floresta e como não entrar nela, você ainda entra nela. Por que diabos você foi ao pátio traseiro naquele dia, de qualquer forma? Você estava colhendo flores ou algo assim?
Cloé: Isso é porque... Eu pensei... Eu pensei que poderia olhar para a floresta de lá...
Shiba: O quê? Por que você foi lá para olhar a floresta de longe?
Cloé: Isso é porque...
-Eu queria ver você. {+20 Final Feliz}
{?}
-Eu pensei que você poderia se sentir solitário. {+20 Final Normal}
Cloé: Eu pensei que você poderia se sentir solitário, então fui te ver. Eu sabia que era impossível ver você já que você se tornou um lobo, mas...
Shiba: ...Por que eu estaria solitário?
Cloé: Porque... Nós estávamos juntos por um tempo, mas deixamos um ao outro durante a lua cheia, certo? Nagi me perguntou se eu me sinto solitária estando separada de você. Mas eu não pude realmente entender. Então eu pensei que você poderia se sentir solitário enquanto me deixou.
Shiba: Isso é uma fantasia... Bem... Tanto faz. Ei, Cloé. Nunca volte para aquela floresta novamente. Entendeu?
Cloé: Mas...!
Shiba: Sem “mas”! Esqueça sobre o cachorro. Você nunca o encontrará. Mesmo se você o encontrar naquela floresta... É seguro agora porque não é mais uma lua cheia.
Cloé: Hmm... sério?
Shiba: Sim. De qualquer forma, apenas esqueça sobre o que aconteceu durante a lua cheia. Entendeu? Ao invés... Hmm, eu te levarei a um lugar bom.
Cloé: Um lugar bom?
Shiba: Surpresa de fim de semana. ...pelo menos, deixe-me compensar isso para você.
Cloé: Eh? O que você disse...
Shiba: Nada!
Quando eu inclino minha cabeça para o lado, Shiba mexeu em meu cabelo.
Cloé: (Eh...?)
Quando olhei de relance para cima, eu vi que as orelhas dele estavam levemente vermelhas. Mas eu acho que ele ficará zangado se eu colocar isso em evidência, então eu apenas deixo-o fazer como quiser.
Esse é o fim do terceiro episódio. Até a próxima! :)

Comentários

Mais Vistas ♥