[SWD] Magic Sword: Estel (capítulo 4)

Oi oi, pessoal! Crys-chan voltou com mais Magic Sword. Espero que gostem! :)

Estel (História Principal) – Capítulo 4
Estel: Nn...
Você: (Estel sonambulou pra cama comigo!)
Você: E ainda pior...
Você: (N-não me toque aí!!)
Você: A inconsciente posição de sua mão me fez sentir tão tola.
Você: (Eu estou acabada...!)
Você: Minha temperatura corporal aumentou. Eu fechei meus olhos com força.
Estel: ... Mmmm.
Você: O gemido gentil de Estel incendiou meu corpo. Eu virei e vi o rosto de Estel, calmo como sempre, bocejando abertamente.
Você: Uh, um... Estel?
Estel: Bom dia, Lily.
Você: Banhado na luz do sol matinal, o sorriso de Estel era como um suave orvalho da manhã.
Você: Bom dia... Espere, não bom dia! Por que você estava t-tocando...
Você: Eu estava envergonhada demais para completar minha frase.
Estel: Tocando?... Oh, você quer dizer quando eu estava abraçando você?
Você: Sim, isso!
Estel: ... Estava frio.
Você: Estel disse simplesmente, deslizando para o riacho para lavar seu rosto.
Você: (Ele me abraçou porque estava frio? I-isso foi tudo?)
Você: Sua resposta calma me fez sentir ainda mais envergonhada.
Ethan: Bom dia, Lily! Hmm? Seu rosto está vermelho. Você tá doente? A noite passada foi bem fria.
Você: Uh! E-eu estou bem!
Ethan: Huh? Um, você tá bem?
Você: Afastando a preocupação de Ethan, eu escondi meu rosto e corri na direção do riacho. Naquela tarde, nós chegamos à vila dos Elfos. Abundante em árvores e água pura, até o ar na Vila Elfa era fresco e delicioso... Uma profunda lufada de ar parecia uma limpeza da alma.
Você: Então essa é a Vila Elfa...
Ray: É bem pequena.
Você: Honestamente, Ray, você não pode ser educado por um minuto?
Ray: Humph. Eu só estou sendo honesto.
Você: Eu suspirei a risada arrogante de Ray. Estel deslizou por mim e parou à nossa frente.
Estel: Vamos passar a noite aqui.
Você: Podemos!? Mas eu pensei que elfos desgostavam de humanos...
Estel: Eu falarei com os anciãos.
Você: Obrigada, você é um salva-vidas.
Ray: Bem, eu acho que é melhor que dormir na sujeira.
Você: Ray!
Estel: Não deixe ele te zangar, Lily.
Você: Mas, Estel...
Estel: Eu vou providenciar para que Ray durma no celeiro.
Ray: Huhh!?
Estel: Melhor que dormir na sujeira, não é?
Ray: Certamente você tá brincando!
Estel: De jeito nenhum. Eu estou sério.
Ray: Você tá sendo deliberadamente obstinado!
Você: Ray correu raivosamente atrás de Estel para a Vila Elfa.
Ethan: Normalmente uma jornada une as pessoas...
Você: Bem o oposto para esses dois...
Ethan: Nós precisamos fazer alguma coisa sobre a atitude arrogante de Ray. E não iria machucar Estel ser um pouco mais compassivo também...
Você: Ethan e eu inclinamos nossas cabeças juntos e suspiramos em uníssono.
Estel: Lily, você não vem?
Você: Oh, espere! Estou indo.
Estel: Eu quero apresentar você aos anciãos.
Você: Estel me puxou para longe de Ethan e começou a andar.
Ethan: W-whoa aí, não me deixem pra trás.
Estel: ... Você não é capaz de andar por si mesmo?
Ethan: Não seja tão frio, Estel. Nós estamos nisso juntos.
Estel: Juntos em quê?...
Ethan: Nós somos companheiros juntos nessa missão!
Estel: ... “Ajudante irritante” não seria uma descrição mais precisa?
Ethan: Agora você foi muito longe...
Você: Estel ignorou o sincero desapontamento de Ethan.
Você: (Eu acho que eles ainda estão longe de serem amigos.)
Você: Estel encarou meu rosto tenso.
Estel: Tem alguma coisa errada?
Você: Não, eu estou bem.
Estel: Você precisa descansar?
Você: Não, obrigada! Vamos logo para os anciãos.
Você: Quando eu pisei na frente dele, Estel esticou uma mão para mim. Apenas as pontas de seus dedos me tocaram, mas a sensação fez meu coração bater febril.
Estel: Lily, não faça nada imprudente.
-Desculpe por te preocupar.
-Você se preocupa demais.
A resposta “Desculpe por te preocupar” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Desculpe por te preocupar. Mas eu posso cuidar de mim mesma.
Estel: Entendo... Mas sério, tome cuidado.
Você: Eu irei. Minha única intenção esta noite é descansar.
Estel: Essa é uma boa ideia.
Você: Mas eu preciso ver os anciãos primeiro – seria rude não vê-los.
Estel: É verdade. Elfos são sérios em graças sociais.
Você: E Theodore está em bons termos com os Elfos – eu odiaria perturbar isso.
Estel: Não se preocupe. Eu não deixarei isso acontecer.
Você: Estel sorriu e continuou a andar, suas pontas dos dedos ainda tocando as minhas.
Você: (Faz cócegas... Mas seu toque de algum modo me faz sentir contente. Isso me lembra... Quando nós éramos pequenos, Estel costumava me puxar junto desse jeito.)
Você: Um sorriso nostálgico estourou em meu rosto. Eu sacudi e virei na cama e soltei um suspiro.
Você: (É inútil. Eu não consigo dormir.)
Você: Foi por exaustão ou pela sensação desconhecida de uma cama.
Você: (As pessoas dizem que o sono vem tão facilmente como fechar os olhos... ... Mas eu apenas não consigo dormir.)
Você: Eu respirei fundo e sai da cama.
Você: (Eu acho que um pouco de ar fresco deve ajudar.)
Você: Eu saí do meu quarto esperando me sentir melhor.
Estel: Lily...?
Você: Estel!
Estel: O que você está fazendo tão tarde?
Você: Eu não conseguia dormir.
Você: A sensação dos dedos fortes de Estel fez meu coração parar.
Você: E-Estel?
Estel: Lily, por aqui.
Você: Onde estamos indo?...
Você: Estel começou a andar, deixando minha pergunta sem resposta.
Estel: Chegamos.
Você: Ohh...!
Você: Quando chegamos ao destino de Estel, uma arfada me escapou.
Você: É tão lindo... Eu estou maravilhada...!
Você: O lago estava cercado por árvores. Reflexos da lua mandaram laços de luz brilhando em sua superfície. Cristais adornaram a margem e brilhavam como estrelas.
Você: Eu nunca vi nada tão lindo.
Estel: Esse é um lugar sagrado de relaxamento para os elfos.
Você: Eu posso ver por que. É tão pacífico aqui que todos os sentimentos ruins derretem. E acima de tudo mais... É muito lindo.
Você: Era verdadeiramente tão lindo. Eu estava preocupada que tinha esquecido como respirar.
Estel: ... Estou feliz.
Você: Huh...?
Você: Eu virei para Estel e vi um sorriso gentil em seu rosto.
Estel: Estou feliz que você gosta.
Você: Estel...
Você: Banhado na gentil luz da noite, Estel estava mais lindo que nunca... Eu apenas não conseguia desviar o olhar.
Você: (O que me dominou...?)
Você: Estel soltou minha tímida mão e se sentou na grama do lago.
Estel: Lily, sente-se.
Você: É claro...
Você: Eu sentei ao lado de Estel e tomei outra olhada ao lago.
Você: Olhando a esse lago me lembra de quando nós costumávamos apostar corrida quando crianças.
Estel: Sim, lembra.
Você: E você estava sempre tão desesperado em me derrotar...
Estel: Eu não era o único desesperado.
Você: Bem, eu não aguento perder!
Estel: Mmf!... Hahaha! Isso é bem você, Lily.
Você: Mas você é o mesmo, Estel. Você sempre amuava quando eu vencia.
Você: Enquanto nós relembramos, as flores começaram a florescer.
Você: Aquelas flores brilham apenas à noite, não é. Que mágico...! Isso me lembra... Você me deu flores no passado, Estel.
Estel: E-eu dei?
Você: (Huh? Estel está corando?)
Estel: Você ainda se lembra disso?
Você: É claro que eu lembro! As flores eram tão bonitas... e eu estava tão feliz.
Estel: Lily...
Você: Os olhos de Estel se mexeram nervosamente. Então ele repentinamente pulou no lago.
Você: Estel!?
Estel: Junte-se a mim, Lily.
Você: M-mas eu...
Estel: Você costumava nadar comigo o tempo todo. Venha!
Você: Ele puxou meu braço e para o lago eu fui.
Você: Ah!... Hmhm, isso é ótimo!
Estel: Não é?
Você: Um sorriso derreteu a arrogância no rosto de Estel.
Você: (No começo, Estel era um homem diferente do que era quando criança, então eu não sabia como me sentir sobre ele. Mas verdadeiramente... Ele não mudou nada.)
Você: Eu percebi isso quando olhei ao Estel perante meus olhos. Então ele repentinamente jogou água em mim.
Você: Ah! Para quê foi isso!?
Estel: Você estava me encarando.
Você: Oh, seu valentão!
Estel: Mas a água está ótima, eu aposto.
Você: Bem... Está, agora que você mencionou.
Estel: Haha! Então eu não sou um valentão.
Você: Contra-ataque!
Você: Com um rugido, eu joguei água em Estel.
Estel: Por que, sua... Isso é guerra!
Você: Hmhm!
Estel: Eu não vou pegar leve com você.
Você: Estel sorriu brincalhão e jogou água em mim novamente. Meu coração dançou por seu sorriso enquanto eu jogava água de volta. Nós saímos do lago e sentamos na grama na margem para secar.
Estel: Agora eu estou bem exausto...
Você: Sim, mas isso foi tão divertido!
Estel: Agora eu vejo que você realmente é tão péssima perdedora quanto antes.
Você: Não tão ruim como você, Estel!
Você: Nós olhamos um para o outro e explodimos em gargalhadas.
Você: Agora eu tenho certeza de dormirei bem esta noite.
Estel: Feliz em ouvir isso.
Você: Obrigada por me trazer aqui, Estel. Esse lugar é tão lindo que eu quase senti que não merecia estar aqui.
Você: A mão de Estel esfregou contra minha bochecha sorridente.
Você: Huh...?
Estel: Você não mudou nada.
Você: Ele continuou a gentilmente acariciar meu rosto.
Você: (Toda vez que Estel me toca, eu me sinto como se eu fosse explodir em chamas...)
Você: Ah! Espere!
Estel: Hm?
Você: D-deixe pra lá! Não é nada!
Você: Minha voz tremeu, mandando o claro sinal de que não era “nada”. Eu tentei sorrir, mas meu rosto se torceu.
Estel: Lily?
Você: Eu s-sinto muito. Eu só...
Estel: ... Não, eu acho que eu deveria me desculpar.
Você: Estel disse, estranhamente removendo sua mão.
Estel: Eu acho que eu só deslizei de volta ao passado. Eu sinto muito.
Você: N-não, está tudo bem.
Estel: Você tem certeza? Seu rosto está muito vermelho...
Você: S-sério, eu estou bem!
Você: (“Meu coração estava prestes a explodir porque você estava me tocando”... Eu nunca poderia dizer isso a ele!)
Você: Incapaz de estabilizar meu coração, eu não podia olhar Estel nos olhos.
Estel: Você quer voltar à cabana?
-Sim, vamos voltar.
-Vamos ficar fora um pouco mais...
A resposta “Vamos ficar fora um pouco mais...” dá pontos de romance com o Estel.
Você: Eu gostaria de ficar aqui um pouco mais... Se isso está tudo bem com você.
Você: Eu tentativamente agarrei a barra da túnica de Estel.
Você: Eu... Eu quero conversar com você um pouco mais. Eu quero te conhecer melhor.
Estel: Lily... Certo. Eu ficarei aqui com você.
Você: Nós ficamos ao lado do lago por mais um tempo.
Você: Obrigada, Estel. Eu me diverti.
Estel: Estou feliz. É melhor eu voltar ao meu quarto.
Você: Mas ele não virou para sair. E eu não disse “boa noite”.
Você: (Eu o verei novamente amanhã... Então por que eu estou tão triste em me separar dele para a noite?...)
Você: Quando nós ficamos congelados ao lado um do outro, alguém apareceu atrás dele.
???: Estel, onde você estava!
Você: O dono da voz implorante trancou em Estel.
Você: (Quem é ela!?)
Estel: Oh, é você. Por que você está de pé tão tarde?
Elfa: Hee-hee, eu não conseguia dormir.
Estel: É claro que você “não conseguia dormir”. Você está completamente vestida.
Elfa: Oh! Você descobriu? Eu fiquei acordada porque ouvi que você estava visitando.
Você: A garota abraçou o braço de Estel enquanto eu observava com olhos arregalados. Estel a afastou e me encarou.
Estel: Lily, eu gostaria que você conhecesse uma velha amiga minha.
Você: Oh... Ela é sua amiga.
Estel: E essa é Lily, uma de meus companheiros de viagem.
Você: Prazer em conhecer você, eu...
Elfa: Oh, Estel! Por que você não veio me visitar mais cedo!
Você: A garota me ignorou e travou no braço de Estel novamente. Ver isso mandou cacos de dor pelo meu coração.
Você: (Por que ela faz eu me sentir tão ansiosa...)
Você: Então a garota elfa me mediu com olhos afiados.
Elfa: Hmmmm...
Você: (Qu-quê?)
Elfa: Estel, eu me pergunto por que você é tão gentil com essa humana.
Estel: Eu não sou particularmente... gentil com ela.
Elfa: Mentiroso! Eu vi você levá-la ao lago!
Você: (Ela estava nos espiando?)
Elfa: Estel, é inútil se envolver com uma garota humana.
Estel: Ei...
Elfa: Um elfo e uma humana não são supostos a ficarem juntos.
Você: As palavras da garota elfa perfuraram meu coração.
Elfa: Ela vive em um mundo e tempo diferentes – tentar se relacionar com ela é sem sentido.
Estel: Ei, só pare com isso.
Você: Estel repreendeu a garota elfa e colocou uma mão em meu ombro.
Estel: Eu sinto muito. Ela não quis insultar você.
Você: E-Eu não estou insultada... Afinal, o que ela disse é verdade.
Estel: Lily...
Você: Eu sou uma humana e você é um Elfo... Ahaha, por que eu não percebi mais cedo?
Você: Eu lentamente desviei da mão de Estel e fui para meu quarto.
Estel: Lily!
Você: ... É melhor eu ir agora. Boa noite.
Você: Incapaz de falar mais, eu recuei na direção da minha cabana.
Você: (Pare com isso... Não chore. Eu não entendo... Por que está tão difícil de respirar?...)
Você: Eu corri para meu quarto e vi alguém à minha porta.
???: Lily?
Você: (Essa voz soa como...)

Carta do Capítulo 4
DE: Estel
PARA: Lily
ASSUNTO: Vamos novamente.
Eu realmente estou feliz que você se divertiu no lago. Ver você tão feliz me deixou feliz também. Vamos voltar àquele lago novamente algum dia. Nós vamos nadar e eu mostrarei a você o peixe brilhante.


Esse é o fim do capítulo 4. Até a próxima! :)

Comentários

  1. Muito obrigada por dublar esses jogos depois que vc terminar vc pode dublar 'love treagle'???? Por favor olha nem o nome eu sei escrever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, com muito prazer! Qual dos rapazes você quer primeiro?

      Excluir
  2. O Timo e o Paul. Muito obrigada vc e mt legall!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Legal!!! Muito Obrigada!!!!!😊

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Mais Vistas ♥